4 benefícios de contratar um advogado correspondente para seu escritório

Tempo de leitura: 6 minutos

A rotina de um escritório pode ser tão intensa que, às vezes, fica difícil dar conta de todos os compromissos. Viajar ou ter passar o dia em outras cidades ou Estados para cumprir diligências pode se tornar totalmente inviável em algumas circunstâncias. É neste cenário que entra a importância do advogado correspondente ou advogado de apoio.

O correspondente é aquele que realiza serviços jurídicos à distância – portanto, a outros advogados, e não ao cliente final. Trata-se, portanto, de um advogado que atua no lugar de outro, realizando diligências, audiências e outros serviços em seu nome.

Quando é o melhor momento de optar pela advocacia correspondente?

Os correspondentes são muito utilizados nos casos em que o escritório precisa realizar um serviço em comarcas mais distantes, ou quando o advogado titular não tem tempo de fazê-lo. Assim, ao invés de se deslocar até lá (e arcar com os custos da viagem), ou se virar em dois para dar conta de todos os compromissos, o advogado titular contrata um profissional jurídico local e delega a tarefa a ele.

As funções exercidas por um advogado correspondente são variadas. Ele pode praticar desde as diligências mais simples, como cópia de documentos e o protocolo de peças processuais, como também as mais complexas, como a representatividade em acordos judiciais e a participação em audiências de mediação e conciliação, por exemplo, que agora são obrigatórias segundo o Novo CPC.

Ao contrário do que muitos pensam, no entanto, apostar na advocacia correspondente pode ser uma ótima alternativa. Isso porque ajuda a banca a expandir, dinamizar e diversificar suas ações. É por isso que preparamos o post de hoje. Nele, listamos cinco benefícios que o escritório pode alcançar ao contratar correspondentes!



1. Aumento da presença nacional da atuação do escritório

Contratar um advogado correspondente é uma forma de fazer o escritório de advocacia expandir a sua atuação para além da comarca onde está localizado, levando seu nome a outros lugares do Brasil e oportunizando a assinatura de contratos com novos clientes. E isso sem a necessidade de arcar com os custos da instalação de filiais.

Tal diversificação também terá reflexos na carteira de clientes. Quanto mais o escritório expandir, mais poderá multiplicar e diversificar o perfil das pessoas que chegam até ele.

2. Economia de recursos

Não raro, o escritório assume processos que tramitam em outra comarca ou que exigem o cumprimento de diligências em outra cidade. Quando isso acontece, cogitar a contratação de um correspondente pode ser uma opção mais barata do que enviar um dos advogados da própria banca até lá. Afinal, esse esforço acarreta gastos com transporte, alimentação e, muitas vezes, até hospedagem.

É neste contexto que a figura do correspondente surge como alternativa interessante. Isso porque o escritório de advocacia consegue resolver sua diligência sem sofrer despesas que, muitas vezes, não estão previstas no orçamento. Com a contratação de um correspondente, o escritório arca apenas com os honorários do profissional contratado. Como o valor é combinado antecipadamente, não há surpresas. Vale lembrar que tal contratação também não firma vínculos trabalhistas. Portanto, não irá gerar obrigações acessórias, como o recolhimento de tributos e outros ônus legais.

Além disso, o trabalho do correspondente ainda economiza o tempo do advogado da própria banca. Sem necessidade de ter que se deslocar grandes distâncias para cumprir diligências muitas vezes simples, ele pode aproveitar esse tempo para se dedicar a outras atividades, como atendimento ao cliente ou elaboração de peças processuais.

advogado correspondente

3. Ganho de agilidade e eficiência na prestação de serviços advocatícios

É notória a rapidez que deriva da prestação de um serviço realizado pelo advogado correspondente. Além de resolver a diligência na hora e sem a necessidade de grandes deslocamentos, ele também realiza tarefas que, embora menores, costumam consumir tempo, recursos e disponibilidade da equipe. Como reside na cidade onde a diligência deve ser prestada, consegue resolver todo o tipo de questão em poucas horas. Isso não aconteceria, por exemplo com o advogado da própria banca. Provavelmente, ele levaria muito mais tempo para realizar a mesma tarefa, em especial, em razão de todo o deslocamento.

Quando você delega a correspondentes atividades como tirar cópias de processos, por exemplo, a equipe do escritório fica livre de tais compromissos e tem mais tempo para se dedicar a tarefas estratégicas e cruciais, como promover encontros com clientes ou participar de reuniões com o juiz, por exemplo.

Tudo isso gera um efeito bem importante para o escritório. Afinal, delegar atividades ajuda os processos a andar mais rápido e, em consequência, deixa os clientes mais satisfeitos.

4. Qualidade na prestação dos serviços

A correspondência jurídica é uma oportunidade interessante para o mercado da advocacia como um todo. Se de um lado, os advogados têm a possibilidade de demonstrar seus talentos; de outro, podem realizar o tão necessário networking para advogados, que ocorre entre escritórios de todo o Brasil. Sendo assim, os bons profissionais sempre receberão indicações preciosas e, desta forma, o escritório sempre terá a garantia de que está contratando correspondentes de qualidade.

Afinal, é sempre importante conhecer o perfil de outros colegas e também o trabalho que eles vêm realizando. Quem sabe isso não gera uma interessante parceria no futuro?

A contratação de um correspondente é fácil e pode ser feita por meio de plataformas online especializadas. É o caso, por exemplo, do Juris Correspondente, que possui uma vasta relação de correspondentes espalhados por todo o Brasil. Nesse portal, sabemos da importância da qualidade do trabalho que o correspondente deve prestar para o contratante.

Por isso, buscamos instruí-lo por meio de cursos jurídicos, de conteúdo especializado no Blog e projetos, como o Juris Mentoring. Esta iniciativa tem o objetivo de reunir personalidades do universo jurídico para transmitir conhecimentos em séries temáticas postadas em nosso canal no YouTube.

Estes são apenas alguns dos benefícios de se utilizar advogados correspondentes! E você, conhece outras? Compartilhe!

Quer ficar por dentro das novidades sobre tecnologias para advogados? Faça abaixo seu cadastro e receba materiais do SAJ ADV em seu e-mail.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *