Escritório com advogados associados: ser generalista ou especializado?

Ao abrir um escritório com advogados associados, você tem duas alternativas: montar um negócio especializado em alguns dos ramos do Direito ou optar por um escritório generalista. No início, parece difícil recusar trabalhos para focar apenas nos segmentos em que você e os advogados associados ao seu escritório são especialistas, afinal, é necessário pagar as contas e qualquer demanda parece bem-vinda. Mas pense como cliente: você prefere confiar seus problemas jurídicos a quem presta serviço em qualquer área do Direito ou aos profissionais que se posicionam como especialistas e, portanto, têm mais conhecimento e experiência em casos como o seu?

Escritório generalista x escritório com advogados associados especialistas:

Montar um escritório generalista pode atrair um grande número de clientes em um curto espaço de tempo, mas certamente não terá a qualidade do atendimento de um escritório especializado, principalmente por que não há como saber tudo sobre todos os ramos do Direito. Para montar um bom escritório full service é necessário ter uma grande equipe, com especialistas em áreas diversas do Direito. 

Os escritórios altamente especializados são conhecidos como butiques e sempre existiram no Brasil, mas têm aumentado suas equipes e conquistado cada vez mais espaço no mercado. Isso se comprova com os levantamentos realizados pela Análise Editorial. Em 2006, os escritórios especializados representavam 37% dos mais admirados em pelo menos uma das 12 áreas analisadas. Nesse mesmo ano, 41% dos full service tinham a preferência e o restante era formado por bancas de advogados associados com atuação abrangente (capazes de atender às demandas nas principais áreas do Direito, mas que não se consideram full service).

Já em 2013, as butiques representaram 53% dos 170 escritórios mais apontados na pesquisa, ante 17% de participação dos full service. Um dos fatores que contribuem para esse cenário é a mudança no modo como as empresas estão contratando advogados. Os departamentos jurídicos dentro das companhias têm crescido, aumentando a fatia de demandas atendidas internamente e, consequentemente reduzindo, o orçamento para contratação de serviços externos em escritórios de advocacia.

As diferentes atuações e funções no time de associados

Ser especialista em uma área do Direito transmite confiança e credibilidade, ajuda a captar clientes e reforça o papel do escritório jurídico como referência no mercado. Ao abrir o seu próprio negócio, faz toda a diferença procurar parceiros com perfis complementares ao seu. Ter na equipe referências em diferentes ramos aumentará a quantidade de serviços especializados que o seu escritório pode ofertar. Também é importante avaliar as competências dos advogados associados ao seu negócio. A gestão do seu escritório será mais saudável se no time de advogados associados houver quem entenda de gerenciamento de atividades, alguém que saiba sobre comunicação e quem tenha noção de finanças, do que pessoas com os mesmos talentos, por exemplo.

advogados associados



Assim como ser especialista transmite mais autoridade aos escritórios e advogados associados, ferramentas desenvolvidas especialmente para suprir as necessidades do dia a dia de um escritório jurídico tendem a ser mais eficazes para a gestão do seu negócio. Planilhas, agendas e calendários ajudam, mas a tecnologia pode ser uma grande aliada no gerenciamento dos escritórios, aumentando a produtividade dos advogados associados. A automatização dos procedimentos pode ser feita a partir de softwares genéricos ou dedicados.

Apesar de os softwares genéricos normalmente serem gratuitos e de fácil acesso, é preciso combinar vários deles para gerir com eficácia um escritório jurídico, como agendas do Gmail ou do Outlook para não perder prazos; Dropbox e Google Drive para o controle e compartilhamento de documentos; Asana e Trello para organizar as atividades; Conta Azul para a gestão de finanças.

Profissionalizando a gestão do seu escritório de advocacia

Existem ferramentas desenvolvidas especialmente para atender as necessidades dos escritórios jurídicos, como é o caso do SAJ ADV. O software jurídico ideal permite integrar a organização de processos, atendimentos, agendas e contatos. O SAJ ADV ainda possibilita o acompanhamento de pendências por meio do celular, tablet ou computador. Processos, contratos e outros documentos são inseridos no sistema e ficam armazenados e protegidos na nuvem, com garantia de backup e segurança de todos os arquivos. Esse tipo de ferramenta é útil para o gestor e ao advogado que executa as tarefas diárias, pois permite desde a gestão do escritório jurídico como um todo, até o controle de intimações e andamento das ações judiciais.

Agora que você sabe a importância de definir ramos de atuação e sobre ferramentas de gerenciamento, será que está pronto para abrir o próprio escritório de advocacia? Faça o teste aqui. E, caso tenha alguma dúvida, compartilhe-a conosco nos comentários!

Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre advogados associados? Faça seu cadastro e receba nossos materiais exclusivos diretamente em seu email.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *