Marcella Santos Marcella Santos

Administradora de empresas, Mestre em Estratégia e Mercado pela Federal de Uberlândia. Especialista em comportamento do consumidor, possui Formação com Certificação Internacional em Consultoria e Liderança Sistêmica com Gunther Fürstberger, Tilman Peschke e Guillermo Echegaray sob a Visão sistêmica dos sistemas de liderança, desenvolvimento organizacional e gestão de mudança; Formação com Certificação Internacional em Meta-Coaching pela ISNS – International Society of Neuro-Semantics com Ph.D Michael Hall; Master Practitioner em PNL pela Sociedade Brasileira de PNL – Programação Neurolinguística; Formação com Certificação Internacional em Constelação Sistêmica e Constelação Familiar com Cornelia Benesch e Artur Tacla pelo Metaforum Internacional; Coaching Genius – The International Society of Neuro-Semantics; Coaching Quântico pelo Metaforum Internacional com reconhecimento internacional pelo ICI (International Association of Coaching Institutes), ECA (European Coaching Association, e Associação de Coaching da Alemanha – Com Bernd Isert; Formação com Certificação Internacional em Master Trainer em Psicologia Positiva pelo IPPM, DACH-PP, aprovado pelo IPPA e EUPPA Certified Master Trainer of Positive Psychology com Dr. Philip Streit, CEO of European Positive Psychology Academy; Formação e Certificação Internacional em Neurocoaching e Neuroliderança com Dr. Rogério Fraga; Mediadora de Conflitos judiciais e extrajudiciais; Participou como Tutora de Coaching da Comissão da Jovem Advocacia da OAB/ SP Sé, além de várias palestras nas diversas subseções de São Paulo com temas como Gestão Jurídica, Empreendedorismo e Constelações Familiares no Judiciário e na Advocacia; Desenvolvedora do Modelo de Gestão da Advocacia Sistêmica; Participa como consteladora e co-desenvolvedora do Projeto Paz para Todos no Tribunal de Justiça de São Paulo;

Advocacia Sistêmica – Exercício estratégico, humanizado e consensual

Advocacia Sistêmica – Exercício estratégico, humanizado e consensual

4 minutos Embalados pela desilusão da justiça muitos advogados tornaram-se também professores, consultores, coaches, mediadores, conciliadores e agora consteladores. Uma sábia decisão, que bom que tem sido assim, pois novas ocupações sugerem o aprendizado de novas habilidades e possibilidades. Não sabemos tudo, por isso mesmo temos que acreditar que a busca continua. Além disso, somos muito mais do que fazemos, como um nobre pensador da Advocacia Sistêmica, Peter Senge: “você não é o seu cargo ou função”. Todas essas atividades são em si competências dos advogados nesse Continue lendo