Coaching para advogados – O que essa ferramenta pode fazer por você?

Tempo de leitura: 6 minutos

Entenda como funciona o coaching para advogados e como ele pode, na prática, impulsionar sua carreira na advocacia.

A advocacia é, sem dúvidas, uma das áreas que mais crescem no Brasil dado o momento de desenvolvimento jurídico, social e moral que estamos atravessando. Nunca houve tanto interesse pelo curso de Direito, seja pela estabilidade da carreira jurídica no serviço público, seja pela visão madura e politizada que o curso proporciona, seja ainda pelo exercício da carreira de advogado que resume o sonho de muitos.

Apesar da beleza e da importância social da nossa profissão de advogados, que retrata a possiblidade de se buscar a justiça e defender direitos dos cidadãos garantindo o respeito e a inviolabilidade de direitos fundamentais, a advocacia está vivendo momentos difíceis. É comum ver advogados deixando as faculdades com a sensação total de ausência de propósitos, objetivos indefinidos e, portanto, sem qualquer direcionamento na carreira.

A advocacia é feita por advogados e se ela está atravessando momento turbulentos é por que o advogado, que está no leme, também está precisando de uma direção segura. A verdade é que os colegas mais jovens carecem de ferramentas que o orientem e direcionam em caminhos seguros e planejados de acordo com os objetivos de vida deles, além disso os problemas vão desde a total baixa qualidade técnica do profissional, até a falta de preparo para a vida forense, além de alto grau de insegurança, medos, processos e crenças limitantes que travam o exercício de uma advocacia de alta performance, ou seja, o advogado na atualidade não está conectado com suas habilidades essenciais e necessita de ferramentas para verdadeiramente exteriorizar suas potencialidades e eliminar vícios comportamentais.

Além dos aspectos “internos” que impedem uma advocacia empreendedora, alguns fatores “externos” que contribuem para uma certo descrédito na advocacia da atualidade é a tão propalada insegurança financeira que os advogados enfrentam, com maior ênfase no cenário atual; a incerteza nos resultados das ações judiciais, fruto também da atual crise no Poder Judiciário brasileiro que causam graves oscilações jurisprudenciais; o grande número de profissionais no mercado (beirando um milhão de advogados no ano de 2018, segundo estimativas do Conselho Federal da OAB); a fixação de honorários aviltantes que remuneram muito mal o profissional advogado e, ainda, a baixa qualificação de colegas que se formam e não persistem estudando e buscando um diferencial na área de atuação.

São muitos os fatores internos e externos que têm contribuído para uma falta de direcionamento, objetividade e principalmente uma grande baixa-estima dos colegas advogados e advogadas, situação que interfere na organização da vida desse profissional e no seu bem-estar a partir de uma análise integral. Muitos sequer conseguem elaborar estrategicamente sua advocacia para um semestre, e vivem ao sabor dos ventos que sopram, sem alcançar objetivos verdadeiramente duradouros e colher frutos de um trabalho com dedicação e amor ao que realizam. Apenas vivem cumprindo prazos!

O coaching, nesse cenário, é uma ferramenta poderosa de autoconhecimento, em primeiro lugar, que coloca o profissional da advocacia num patamar elevado de reflexão e consciência acerca de suas escolhas e objetivos profissionais, impulsionando-o a mudar imediatamente hábitos negativos, como procrastinação, ansiedade e insegurança.

Em segundo lugar, depois de um grande preparo cognitivo e de tomada de consciência, auxilia o advogado a estruturar sua carreira baseada em valores sólidos e alinhados com o proposito fundamental e individual, rompendo com crenças limitantes e paradigmas que não fazem sentido para aquela pessoa.

A reflexão autodirigida com acompanhamento individualizado potencializa ainda mais a ferramenta, por que permite ao Coach um olhar sobre a estrutura verbal do advogado e, nesse sentido, trabalha para reestruturar a linguagem verbal e não verbal do cliente, tornando-o cada vez mais consciente do processo de comunicação e das interferências positivas que ele cria na relação advogado-cliente e no exercício da advocacia como um todo.

Coaching para advogados

Trata-se de uma maneira totalmente inovadora de se comunicar

Com o coaching, o advogado passa a ter um rumo claro, certo e seguro em direção aos seus objetivos, interferindo positivamente no seu escritório, através de ferramentas que permitem diagnosticar com precisão os problemas existentes nas bancas de advocacia, seja de ordem humana (relacional), seja organizacional, alavancando, assim, resultados efetivos na advocacia. O profissional Coach trabalha, através de várias sessões, não só o escritório enquanto veículo da advocacia do advogado, mas principalmente o ser humano, o profissional que passa a ver a realidade com olhos dilatados e identificando novas formas de interagir, através da otimização de suas habilidades pessoais.

O Coach, nada mais é do que um mentor, um guia seguro que trabalha para desenvolver o advogado no ponto de vista individual e sistêmico, desenvolvendo no seu cliente percepções e novos padrões mentais para que ele alcance seis objetivos primordiais e viva com mais segurança, tranquilidade e autoconfiança o que contribui, certamente, para a sociedade. De outro lado, é importante que se diga que o Coaching não é uma terapia, e sim um processo de despertar cognitivo que, através de uma escuta atenta e estruturada, alicerçadas em ferramentas poderosas, e em técnicas terapêuticas, leva o cliente ou coachee a um patamar de consciência que gera foco, produtividade e certeza dos caminhos a trilhar em busca de seus objetivos pessoais e profissionais.

Por fim, o Coaching aplicado à advocacia, ou seja, à carreira do advogado é específico, portanto, para as necessidades dos advogados e advogadas por que a linguagem é de quem trabalha na área e sabe as dificuldades e os anseios que esse profissional enfrenta para garantir a idoneidade de sua profissão e o cumprimento de sua função social, além de tudo isso dialoga direta e especificamente com os problemas e desafios vivenciados por esse profissional numa área cada vez dinâmica e que está em atravessando profundas transformações nos últimos cinco mais.

Importante, por fim, que ao escolher um profissional da área de coaching, o advogado ou advogada opte por trabalhar com alguém que já tenha experiência, conhecimento jurídico das várias áreas do Direito, haja vista que qualidade técnica, boa formação em coaching e ferramentas equivalentes, como a de gestão de conflitos, relacionamentos e programação neurolinguística auxiliam muito o profissional a ser mais assertivo e objetivo no trabalho a ser desenvolvido.

Quer ficar por dentro das novidades sobre Coaching para advogados? Faça abaixo seu cadastro e receba os materiais do melhor software jurídico em seu e-mail.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *