Advogada, influencer, autora: como o SAJ ADV organiza a vida de Quetilin

Tempo de leitura: 7 minutos

No ambiente online mora um canal chamado Mundo do Direito que coleciona milhares de seguidores. São mais de 37 mil só no Instagram. Outros 12,7 mil no Facebook. E mais de 9,1 mil de inscritos no YouTube. Mas na vida offline, quem faz tudo acontecer responde por Quetilin Batista, tem 25 anos e uma lista grande de atividades. É advogada, digital influencer, autora de livros, palestrante e colunista do SAJ ADV, software de gestão de escritórios de advocacia.

Apesar da pouca idade e do pouco tempo de formação (apenas três anos), o nome de Quetilin já tem a notoriedade que, muitas vezes, os profissionais levam certo tempo para conquistar. Isso é reflexo, por exemplo, do canal que ela idealizou ainda como acadêmica. Quando estava no último ano da faculdade, sentiu que era hora de começar a pensar em se divulgar. Afinal, ela estava prestes a adentrar em um mundo saturado de concorrentes. Assim, nasceu o Mundo do Direito.

Estava para me formar quando decidi começar o canal no YouTube. Eu pensei: ‘daqui um ano, as pessoas vão precisar saber quem eu sou’. O retorno começou a aparecer dois anos depois e, hoje, faz toda a diferença na minha carreira.

Assim, os vídeos que começaram tratando sobre rotina de estudante, aos poucos foram dando espaço a assuntos mais profissionais. O canal cresceu, ganhou espaço e levou o nome de Quetilin a todo o país. Os milhares de advogados que a seguem – especialmente, recém-formados – acompanharam de perto as descobertas e o amadurecimento dela na advocacia. Isso ajudou a consolidar a marca nas redes. Hoje, Quetilin compartilha dicas, curiosidades e insights que têm com a profissão. E o número de seguidores não para de crescer.

Advogada com veia empreendedora e inovadora

Embora o YouTube, que deu origem ao canal, tenha vídeos exclusivos uma vez por semana, o dinamismo e imediatismo do Instagram ajudou a advogada a fidelizar mais seguidores. Praticamente todos os dias, ela tem novidades para compartilhar: faz vídeos mais curtos e informais para essa rede social e deixa os conteúdos mais elaborados e planejados para o YouTube.



A advogada mantém um escritório próprio em Itapema, litoral de Santa Catarina, em sociedade com um ex-colega de faculdade. Para tornar o sonho possível, abriu mão da função que ocupou por quatro anos, na coordenação de legislação da prefeitura da cidade. Essa experiência a fez descobrir a paixão pelo Direito Público. Além disso, deu a ela um rol de conhecimento maior e atraiu o interesse de futuros clientes. Então, quando mudou de emprego, cerca de 20 clientes migraram com ela.

Assim, especializou-se em Direito Constitucional e, durante a jornada, se viu fascinada pelo compliance. E não foi só isso. Aos poucos, também percebeu-se entusiasta do empreendedorismo, da inovação (como, por exemplo, o que faz o SAJ ADV) e de todas as novas formas de fazer Direito. Não por acaso, o compliance e o próprio Mundo do Direito são resultados disso.

É importante estar aberto para atuar em áreas em que não se é especialista. Só falta coragem. Isso pode revelar novas capacidades e novas formas de atrair clientes. É só experimentando que se descobre onde estão os novos nichos de mercado.

Software jurídico ajudou a organizar o escritório e o tempo

Boa parte dos vídeos com conteúdo mais elaborado que planeja para o YouTube vem de sugestão dos próprios seguidores. Em um dos mais pedidos, por exemplo, mostra como ela organiza a vida no escritório e a concilia com todo o resto das suas atividades – que não são poucas. Além da carreira, ela dedica tempo para planejar e concretizar novos conteúdos para o canal, se divide como pesquisadora e palestrante em universidades pelo Estado de Santa Catarina. Em 2018, ainda escreveu o livro Compliance e investigações internas, o segundo da sua carreira – em 2016, ela já havia lançado Criminal Compliance e a Lei de Lavagem de Capitais.

O segredo, segundo ela, vem da organização do próprio escritório. É a partir dele que ela arruma tempo para todo o resto. Afinal, a advocacia – e todas as suas demandas – é o coração de toda a rotina de um profissional. E quem advoga sabe disso. Por isso, Quetilin logo sentiu a necessidade de profissionalizar esse lado da sua rotina. Segundo ela, a organização do escritório sofreu uma reviravolta quando ela e o sócio passaram a investir em um software de gestão de escritórios. No caso, o SAJ ADV.

Eu perdia muito tempo fazendo tudo de forma manual, em planilha. O escritório foi crescendo, as demandas foram aumentando, novos clientes chegando e eu senti que precisava de algo que organizasse melhor as informações e otimizasse a minha rotina. Tinha medo de que as coisas perdessem o controle.

Relação com o desenvolvimento de outros softwares jurídicos levou a optar pelo SAJ ADV

A preocupação de que as demandas continuassem crescendo a ponto dela não dar mais conta foi o ponto preponderante na decisão dela e do sócio em investir em um software de gestão de escritórios. A ideia era apostar em um sistema que fosse capaz de reunir todas as informações e oferecer segurança e simplicidade à rotina dos profissionais. E, assim, eles chegaram ao SAJ ADV.

Pesquisei muito sobre vários softwares que existem no mercado hoje, mas optei pelo SAJ ADV. Não tinha referência de boa parte deles e acabei me sentindo mais segura com um software que é pensado e desenvolvido por uma empresa que também já idealizou outros softwares do gênero. No caso do SAJ ADV, a origem é a mesma de diversos tribunais e procuradorias do país. Isso me tranquilizou. E, de fato, sempre que precisei, o retorno foi rápido e efetivo. Essa era uma das minhas preocupações.

 

SAJ ADV

Mais tempo para outras atividades

Não dá para negar que manter e alimentar o Mundo do Direito abre muitas portas para ela e para a consolidar e fortalecer seu nome no mercado. Em quase quatro anos de canal, Quetilin já firmou parcerias interessantes com grandes empresas e passou a comercializar cronogramas de estudos para o Exame de Ordem, que ela mesma elaborou. Além disso, também passou a ser requisitada para proferir palestras sobre compliance e dar dicas para jovens advogados.

Para dar conta de tudo isso, claro, investir no SAJ ADV foi essencial para facilitar a rotina. Depois da implantação do software no escritório, ela se viu com mais tempo livre para fazer o que gosta: advogar. Mas também sobrou mais tempo para todas as suas outras atividades. Passou, por exemplo, a interagir mais com os seguidores e fazer um planejamento mais assertivo para gravar novos conteúdos para o canal. Além disso, ela também pretende, agora, usar esse tempo para investir no crescimento do escritório. Mas também quer escrever mais livros, aumentar a quantidade de palestras e pôr em prática alguns projetos de compliance na administração pública.

Afinal, o canal ajuda – e muito – a expandir e estabilizar o nome dela na profissão. E ela sabe disso.

A presença que não consigo ter de forma física, consigo alcançar pelas redes sociais. Portanto, o Direito precisa estar atento a essas novas formas de interação social. Existem milhões de profissionais praticamente iguais saindo das faculdades todos os anos. Portanto, mais do que nunca, é preciso saber se diferenciar. O segredo é se arriscar, não ter medo de se mostrar, não ter vergonha. O mercado é difícil e está saturado. Não é fácil concorrer com escritórios mais renomados. Então, é preciso encontrar formas justas de buscar o nosso espaço.

Quer ficar por dentro das novidades sobre gestão de escritório de advocacia? Faça abaixo seu cadastro e receba materiais do SAJ ADV em seu e-mail.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *