Marketing para advogados: o segredo dos escritórios de advocacia

Marketing para advogados é a estratégia de marketing dentro das normas do Código de Ética da OAB, na qual se inclui o inbound marketing – atração passiva de clientes – e o marketing de conteúdo. Pode englobar assim: blogs, redes sociais, publicação de artigos, desde que não configurem captação de clientela e que possuam caráter informativo.

Desenvolva a melhor estratégia de marketing para advogados

A maioria dos empresários da atualidade já sabe que o Marketing de Conteúdo se tornou, nas últimas poucas décadas, uma das estratégias mais importantes para o branding e a publicidade de qualquer marca que queira se firmar e crescer no mercado. O que nem todo mundo sabe, contudo, é que essa modalidade de marketing pode ser praticada por qualquer segmento, desde as indústrias e setores primários da economia, até setores terciários e prestadores de serviço. E isto engloba também o marketing para advogados.

De fato, até mesmo os escritórios de advocacia, embora impedidos de fazer propaganda explicitamente comercial pelo Código de Ética da OAB, podem lançar mão de várias técnicas de marketing de conteúdo.

Com isso, então, as possibilidades que se abrem para os grandes escritórios e bancas advocatícios ou mesmo para profissionais liberais que atuam por conta na área, são enormes.

Realmente, vivemos a época da Internet das Coisas, da Conexão 5G e dos nativos digitais. As grandes marcas precisam garantir, assim, sua presença em mídias sociais, aplicativos, fóruns e esfera digital como um todo, sob o risco de perderem para a concorrência.

A boa notícia é que os advogados podem (e devem) entrar nesse universo de marketing digital, desde que cumprindo com as regras predeterminadas.

Então, se você quer ficar por dentro deste tema e entender como isso pode ser feito, e quais sãos as melhores estratégias para cada caso, siga conosco até o final da leitura.



Para tornar este artigo mais assimilável, poderemos utilizar exemplos de todas as áreas comerciais, desde uma indústria siderúrgica até uma loja de bairro que venda produtos para casa, construção e lazer (como dispositivo de retorno para piscina de alvenaria).

Ainda assim, o foco se manterá sempre no segmento dos advogados.

1. O que é o marketing de conteúdo?

Você provavelmente já tinha ouvido falar nos “nativos digitais”. Trata-se, então, das pessoas nascidas em meados do ano 2000 para cá, que tiveram forte influência da tecnologia e da internet.

Já as pessoas que nasceram antes desse recorte são definidas como “imigrantes digitais”. Ou seja, elas migraram para tecnologias que não estiveram presentes em sua infância.

É importante entendermos isto, pois hoje grande parte do público que consome os bens e serviços cresceu com um celular ou um tablet nas mãos. Naturalmente, isso muda o modo como as pessoas se comportam nas suas relações comerciais.

Por isso mesmo, hoje os consumidores são mais antenados e mais exigentes. Seja ao comprar um tênis pela internet, ou ao contratar uma assistência técnica de empilhadeira para sua empresa, as pessoas costumam pesquisar antes na esfera digital.

Essa pesquisa inclui acessar portais, fóruns, redes sociais, sites coletivos de qualificação de marcas e profissionais autônomos, e daí por diante. O marketing de conteúdo surge nesse contexto e visa a suprir essas novas demandas. E, como você verá, isto abrange o marketing para advogados também.

marketing para advogados

2. Como o marketing de conteúdo se insere nas estratégias de marketing para advogados?

Agora imaginemos se os escritórios de advocacia tivessem de ficar totalmente de fora desse universo. Seria algo bastante estranho, não é mesmo? Na verdade, eles não precisam ficar de fora disso.

Uma das principais estratégias do marketing de conteúdo é a do inbound marketing, que surgiu em contraste com o marketing de tipo outbound, que é aquele que faz prospecção ativa e apelos comerciais para atrair o seu público.

No outbound, uma empresa que vende ferramentaria de precisão lançaria campanhas publicitárias explorando as vantagens da sua marca, os diferenciais das suas ferramentas em relação às da concorrência, além de provavelmente “brigar” por preços e prazos.

Certamente um advogado não pode fazer isso. No entanto, a estratégia de prospecção passiva é permitida no marketing para advogados. E isto é justamente o inbound marketing.

Quer saber o que é mais bacana nisso tudo? É que esta é a tendência do mercado, e até as grandes marcas têm priorizado o inbound marketing.

3. O Código de Ética e o Inbound Marketing para advogados

Como vimos acima, o Código de Ética da OAB tem determinações muito claras sobre o uso de propaganda por parte dos escritórios de advocacia.

Vale a pena passarmos pelo texto original, que determina, no seu Capítulo IV, intitulado “Da Publicidade”, artigo 28, o seguinte:

O advogado pode anunciar os seus serviços profissionais, individual ou coletivamente, com discrição e moderação, para finalidade exclusivamente informativa, vedada a divulgação em conjunto com outra atividade. (Destaque nosso).

Nem é preciso ser especialista para compreender que, portanto, os anúncios que não forem contra a discrição e a moderação não serão penalizados.

Assim, um escritório que queira focar sua expertise em clientes que, eventualmente, tiveram problema com a renovação de AVCB (que é o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros), pode facilmente lançar mão de vários tipos de anúncios e divulgação.

4. Dicas de marketing para advogados

Desse modo, o inbound marketing, que, no sentido em que estamos expondo aqui, pode ser considerado um sinônimo de marketing de conteúdo. E contempla, assim, as seguintes estratégias:

  • E-mail marketing;
  • Newsletters;
  • Blogs e vlogs;
  • Podcasts;
  • Webinários;
  • Redes sociais;
  • E-books;
  • Entre outros pontos.

Todas essas modalidades de marketing de conteúdo têm sido largamente utilizadas por empresas de todos os segmentos, e também podem trazer resultados excepcionais para qualquer profissional da área de advocacia.

Na linha do exemplo dado acima, se o mesmo escritório quisesse focar sua atuação na área de treinamento de NR 12 e demais normas ligadas à segurança do trabalho, que precisam de um suporte jurídico, poderia fazer uma campanha de conteúdos de vlog.

Ou ainda, uma sequência de podcasts. Adiante aprofundaremos as modalidades listadas, mas o exemplo dos vlogs e dos podcasts é simbólico, pois demonstra como até mesmo recursos de vídeo e áudio podem servir para divulgação do trabalho dos advogados.

5. Sobre o funil de vendas e a captação de leads

Uma vez determinado que o inbound ou marketing de conteúdo pode se utilizar em tantos recursos de comunicação, é possível aprofundar nos exemplos dados.

Por trás das estratégias listadas acima, existe um conceito fundamental que é o de funil de vendas e captação de leads. 

Cada contato de um cliente em potencial é um lead, que precisa evoluir das fases iniciais até o estágio em que se torna um cliente efetivo.

Uma empresa que trabalha com tratamento de concreto aparente, por exemplo, pode disparar diversos e-mails e newsletters para pessoas que deixaram seus dados para contato no website institucional, como modo de estreitar os laços com elas.

É assim que se alimenta os leads, até que eles cheguem ao ponto ideal de enfim consumir a solução que você está oferecendo. A maneira mais eficiente de fazer isso é estando presente onde seu público se encontra.

Acima falamos das redes sociais, dos blogs e até dos vlogs. A estratégia mais eficiente para se fazer presente consiste em compreender bem o seu público-alvo, definindo qual a persona dele, bem como os perfis, de modo a marcar presença nos canais certos.

De todas essas táticas mais comuns, uma das mais assertivas e indicadas é a do blog, por várias razões que veremos adiante.

6. Qual a real importância de ter um blog?

É possível dizer que todo marketing de conteúdo começa nos blogs. E m se tratando de marketing para advogados, é preciso falar, então, dos blogs jurídicos.

6. 1. Site institucional x blog para advogados

De fato, se por um lado uma empresa já não pode deixar de ter um website institucional, por outro lado ele por si mesmo já não é o suficiente.

A maneira de uma marca demonstrar sua autoridade no seu segmento de atuação, seja um escritório de advocacia ou uma indústria que fabrica transportador helicoidal para processamento de pó, é escrevendo sobre o assunto.

A importância dos blogs cresceu tanto, que hoje várias estratégias vão muito além de simplesmente escrever um bom texto a próprio punho e postar na página da empresa.

6. 2. Publicação de artigos de internet

Primeiro que é possível fazer parcerias e publicar, no seu próprio blog, artigos escritos por outro profissional da área. 

É o que se chama guest post, uma estratégia que pode trazer resultados incríveis para advogados, já que essa área tem muitos nichos específicos.

Além disso, já não é possível falar em internet, navegação e marketing digital sem falar em posicionamento nos famosos motores de busca.

Por isso, é preciso recorrer a estratégias de SEO (as quais também não ferem o Código de Ética da OAB) para garantir que seus conteúdos sejam encontrados na hora certa.

6. 3. Postagens nas redes sociais

Finalmente, outro aspecto incrível dos blogs é que um artigo pode dar material para qualquer outro formato de marketing de conteúdo: ao resumi-lo ele pode virar uma postagem nas redes sociais; ao juntar vários, pode virar um e-book.

Algumas empresas, contudo, vão além. Um artigo sobre um mezanino de ferro, por exemplo, pode se tornar um script para um vídeo a ser publicado em vlogs, ou para um bate-papo de podcasts com sessão de tirada de dúvidas, ou ainda para um webinário com aulas ao vivo.

Em todos esses casos, o que vemos é que o marketing de conteúdo e as estratégias de inbound marketing podem ajudar e muito um escritório de advocacia a fortalecer seu nome, atrair mais clientes e fidelizá-los com segurança, ética e profissionalismo.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Quer saber tudo sobre Marketing para advogados? Faça abaixo seu cadastro e receba os materiais exclusivos do SAJ ADV – Software Jurídico em seu e-mail.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *