O clima organizacional na gestão de escritório de advocacia

Gestão de escritório de advocacia é o conjunto de técnicas e funções administrativos fundamental à manutenção de uma equipe jurídica e de um escritório de advocacia em sua completude. E o clima organizacional é o conjunto de condições de trabalho dentro do escritório.

A sua gestão de escritório de advocacia considera o clima organizacional?

Por que em alguns escritórios as pessoas são mais motivadas e engajadas em suas funções? Sem dúvidas, esta é uma das principais perguntas que fazem parte da rotina da gestão de escritório de advocacia. Muitas vezes, numa análise superficial, as condições parecem ser semelhantes. Ou seja, os mesmos cargos, procedimentos, benefícios salariais, entre outros. Porém, o ânimo para buscar melhores resultados ou executar as tarefas nem sempre faz parte de todas as equipes ou profissionais. Para conseguir entender o que diferencia um ambiente de outro é preciso fazer um estudo mais aprofundado e aprender a dinâmica das relações interpessoais. Nesse caso, a resposta pode estar no clima organizacional.

No estudo “Clima organizacional: uma análise de sua definição e de seus componentes“, as autoras Katia Puentes-Placios e Isa Aparecida de Freitas tratam as relações interpessoais como a base para a construção do clima organizacional de uma empresa ou organização. Dentro da gestão de escritório de advocacia, ao observar como acontecem os contatos e as trocas entre as pessoas, no âmbito profissional e pessoal, é possível começar a compreender como se dará a estruturação do clima organizacional. Uma vez estabelecido, será esse o guia para o comportamento e para o desempenho dos que fazem parte da banca.

Clima organizacional como conjunto de boas estratégias

Em uma comparação com o clima meteorológico, as autoras ainda explicam que é possível que o clima organizacional sofra mudanças. No entanto, não ocorre com a mesma velocidade da temperatura. Numa forma prática, é o mesmo que dizer que não será uma única atividade da gestão de escritório de advocacia que vai transformar completamente o clima entre os profissionais. Afinal, trata-se de uma série de comportamentos amparados pela cultura da organização.

Por isso, uma ação isolada não vai alterar positiva ou negativamente o contexto. Por exemplo, um bônus salarial ou um evento de confraternização podem ter impactos pequenos. Contudo, não alterarão o todo. Portanto, é preciso ter uma visão mais ampla. É preciso investir aos poucos, mas saber que depende de um conjunto de fatores.

Os impactos do clima organizacional na gestão de escritório de advocacia

De acordo com a Apsi Consultoria Jr, da Universidade Federal de Juiz de Fora, o clima organizacional possui impactos significativos no desempenho da empresa. Trazendo para o contexto do direito, para que a gestão de escritório de advocacia seja eficaz, é fundamental que as pessoas estejam focadas em desempenhar suas competências. Isso é influenciado diretamente por uma série de fatores que compõem o clima, como as condições econômicas da organização, a cultura, a estrutura da organização, a colaboração, o tipo de liderança, etc.

Se os elementos estiverem alinhados, existirão profissionais que darão o seu máximo na execução de sua função. Por outro lado, quando há uma baixa motivação, são comuns os quadros de depressão, apatia e falta de interesse. Além disso, um clima com atitudes negativas forma equipes desunidas, com resistência a mudanças e falhas na comunicação.



Entre os indicadores para detectar o clima organizacional dentro da gestão de escritório de advocacia, a Apsi traz algumas dicas, como avaliar o grau de comprometimento dos profissionais com as suas atividades. Também é recomendado observar qual a média de tempo de um profissional dentro da equipe, quantidade de vezes que falta ao expediente, qualidade do trabalho e o engajamento em eventos da empresa. No livro “The Five Dysfunctions of a Team” (As Cinco Disfunções de uma Equipe), o autor Patrick Lencioni também aponta como sintomas negativos a serem combatidos, em ordem: ausência de confiança, medo de conflito, falta de compromisso, evitar responsabilidades e falta de atenção aos resultados.

Como a gestão de escritório de advocacia pode melhorar a cultura

Embora as mudanças não ocorram tão rapidamente quanto seria o ideal, é sempre possível investir em ações que darão resultados significativos em médio ou longo prazo. É o que acontece quando é necessário reestruturar ou motivar uma equipe.

Mas, para que isso aconteça de fato, um dos pontos-chave é a participação atuante na gestão de escritório de advocacia. No artigo “Five Ways to Improve Your Law Firm’s Culture” (Cinco maneiras de melhorar a cultura da sua firma de advocacia), são apresentados passos práticos e simples de serem implementados no escritório. Selecionamos alguns deles:

Encontrar a causa do problema 

Mesmo que não haja necessariamente um problema, pensar em melhorar a cultura do escritório sempre trará ótimos resultados. Um bom exemplo é pensar em como manter a cultura num ambiente com alto crescimento, sem que os custos sejam impactados na mesma proporção.

Nesse caso, é recomendado perguntar-se quais são os motivos que tornam a cultura importante para o escritório e como isso pode ser mantido. O mesmo deve ser feito assim que se identificar um desafio ou uma oportunidade dentro da equipe.

Usar o exemplo como um aliado

Grandes líderes são aqueles que têm autoconsciência de suas qualidades. Eles sabem como aprimorar habilidades sociais e o que mais pode ser melhorado. Portanto, enxergam os seus colaboradores como pessoas.

A forma como um líder age impacta toda a equipe. Por isso, utilizar o conhecimento sobre si mesmo para trazer a equipe mais pra perto pode ser uma grande ação motivadora. Dessa forma, a gestão de escritório de advocacia será não apenas mais efetiva. Será também mais benéfica ao trabalho de todos.

Focar nos pontos fortes

A motivação da equipe também deve integrar a gestão de escritório de advocacia. Para motivar a equipe, a tática, então, é focar na comunicação e na colaboração ao invés de apenas apontar fraquezas. Ou seja, concentrar nos pontos fortes de cada equipe e usá-los como uma vantagem. No final, ao usar as expertises, as habilidades, e até mesmo a inteligência emocional dos colaboradores, faz a colaboração e a motivação superarem as fraquezas.

gestão de escritório de advocacia

O importante é não se ater apenas às dicas acima, mas procurar avaliar o clima organizacional da banca. A partir dos resultados, agregar ainda mais técnicas na gestão de escritório de advocacia para motivar e comprometer os colaboradores. No artigo “7 palestras para otimizar a gestão de escritório de advocacia”, apresentamos alguns insights que podem auxiliar nesta tarefa.

Quer saber mais novidades sobre gestão de escritório de advocacia? Faça abaixo seu cadastro no SAJ ADV e receba nossos materiais em seu email.

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *