Gestão financeira: contas pessoais x finanças da empresa

Tempo de leitura: 2 minutos

Misturar as contas pessoais com as despesas do escritório é uma prática muito comum em muitos escritórios de advocacia, mas, segundo especialistas, é um erro que pode ser fatal para a sobrevivência do negócio. É preciso aprender a separar as finanças e ser organizado, acima de tudo. Sistematizar a gestão financeira é o primeiro passo: despesas domésticas não devem entrar na planilha de custos do escritório e o contrário também é válido.

Apresentamos aqui algumas recomendações para uma boa gestão financeira:

1 – Conheça a origem dos gastos

Saber exatamente quais são os custos do escritório facilita a listagem de despesas fixas e variáveis. Muitas custas processuais, por exemplo, têm prazos para pagamento e nem sempre é possível repassar ao cliente em tempo hábil. Pense em quantas vezes você pagou um valor e não lançou no relatório. Lembre-se é importante manter prazos e contas em dia, por isso atualize constantemente a planilha ou software de gestão do seu escritório.

2 – Crie planilhas

Não é possível organizar a gestão financeira sem, pelo menos, uma planilha. Tal recurso facilita a compreensão das finanças e o gerenciamento do fluxo de caixa. No entanto, apesar de bastante funcionais, as planilhas são limitadas. Um software jurídico possibilita um controle mais global de receitas e despesas, com o acompanhamento de contas a pagar e receber, inadimplência de clientes e movimentações financeiras em contas caixa e bancos.

3 – Automatize o processo

Além de reduzir o tempo gasto com a administração do processo, a automatização garante mais segurança nas informações da gestão financeira. Um software jurídico como o SAJ ADV realiza o controle financeiro de atendimentos, processos e da operação do escritório, de forma integrada, gerando um relatório completo, que auxilia a tomada de decisões estratégicas.

gestão financeira



Como boa parte da receita é variável, recomenda-se reservar um percentual dos honorários para a manutenção das despesas. Criar um fundo de reserva, o que contribuirá para a boa saúde financeira do negócio, ajuda muito. É necessário prestar muita atenção e registrar com precisão todas as despesas relacionadas ao trabalho, como deslocamentos e o reembolso de despesas de clientes. Você utiliza alguma tecnologia de gestão financeira no seu escritório? Compartilhe sua experiência nos comentários abaixo.

Quer ficar por dentro de todas as nossas novidades? Faça seu cadastro e receba os materiais exclusivos diretamente em seu email.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *