[Ebook Gratuito] Guia para gestão de escritório de advocacia

Tempo de leitura: 6 minutos

Conhecimento e organização são dois dos principais fatores para consolidar, com sucesso, um escritório de advocacia. O advogado precisa ter um bom know-how da doutrina jurídica e, fundamentalmente, manter a rotina de trabalho da banca sempre em dia, desde a organização do tempo até o cumprimento de prazos judiciais. Muitos advogados têm dificuldade na prospecção de clientes e na otimização de recursos para aumentar a produtividade. Para auxiliar os profissionais a mensurar essas demandas e administrá-las, apresentamos o ebook “Guia para gestão de escritório de advocacia: como fidelizar clientes e lidar com o dia a dia de trabalho“, que trará informações estratégicas que podem fazer a diferença no seu dia a dia.

Qual é o conteúdo do “Guia para gestão de escritório de advocacia”?

Estruturamos esse material em eixos estratégicos para a gestão de um escritório:

  • Como prospectar clientes e como fidelizá-los?
  • Gerenciamento de escritórios de advocacia;
  • Otimização de recursos (e o desafio da produtividade) e;
  • Como a tecnologia pode ser uma aliada para lidar com os três pontos acima?

Aproveite a leitura do Guia para gestão de escritório de advocacia e descubra como um software jurídico pode ser aliado na gestão do seu escritório e uma alavanca para o sucesso na carreira jurídica.

gestão de escritório de advocacia

Como faço para baixar o “Guia para gestão de escritório de advocacia“?

Nosso ebook está disponível gratuitamente. É um presente do time SAJ ADV para o Dia dos Advogados, comemorado em 11 de agosto.  Para preencher o conteúdo, basta clicar na capa do ebook (acima) ou clique aqui. Preencha o cadastro com seus dados e clique no botão “Receber ebook” para acessar o Guia para gestão de escritório de advocacia.



Baixe agora nosso “Guia para gestão de escritório de advocacia” e não esqueça de dar seu feedback.

Ainda na dúvida? Confira abaixo um trecho de nosso material:

Introdução

A ambição de muitos advogados, construir um escritório de advocacia de sucesso depende de alguns fatores. Nossa experiência na área jurídica mostra que dois fatores são fundamentais para o crescimento de um negócio nesta área. O primeiro deles é o conhecimento. Os profissionais do escritório precisam ter um bom know-how da doutrina jurídica e dos meandros do sistema judicial brasileiro. Para que essas informações sejam usadas da melhor forma possível, entra o segundo fator de sucesso para um escritório: a organização.

A organização é uma importante ferramenta – afinal, a natureza do trabalho jurídico envolve procedimentos fixos, cumprimento de prazos, entrega de documentação… Isso influencia diretamente a rotina de trabalho dentro da empresa: organização do tempo dos advogados e demais colaboradores, controle das datas de entrega, dimensionamento das demandas, acompanhamento das tarefas, sem contar os aspectos fiscais e financeiros relacionados à gestão do negócio.

Muitos advogados têm dificuldade nessas questões gerenciais e administrativas. Em alguns casos, problemas de gestão acabam obscurecendo grandes talentos jurídicos. Para ajudar os profissionais a mensurar essas demandas e administrá-las, a equipe do SAJ ADV lança o ebook “Guia para gestão de escritório de advocacia: como fidelizar clientes e lidar com o dia a dia de trabalho”.

Estruturamos esse material em eixos estratégicos para a gestão de um escritório:

  • Como prospectar clientes e como fidelizá-los?
  • Gerenciamento de escritórios de advocacia;
  • Otimização de recursos (e o desafio da produtividade) e;
  • Como a tecnologia pode ser uma aliada para lidar com os três pontos acima?

1 – Como prospectar clientes e como fidelizá-los?

Conquistar clientes é uma tarefa estratégica. Demanda habilidade, conhecimento e diferenciação no mercado. Escritórios de advocacia, principalmente de pequeno e médio porte, apostam suas fichas em técnicas para se destacar no meio jurídico e criam uma boa rede de relacionamento para ampliar a carteira.

Para tornar o escritório mais lucrativo, é importante investir em um plano tático: avaliar o mercado e as possibilidades de crescimento, traçar metas e criar um bom planejamento de marketing jurídico, que pode aumentar a carta de clientes e o reconhecimento dos sócios. A montagem desse planejamento em escritórios iniciantes, onde ainda não está bem definida a área de atuação, exige foco. Definir o nicho de mercado vai ajudar a posicionar-se no segmento. Para isso, é importante investir em atualização e especialização dos sócios e na definição clara de todas as necessidades e do perfil do cliente. Listamos algumas dicas para ajudar na captação:

1.1 – Dicas para melhorar/aumentar a prospecção

Aposte na comunicação

Comece aproveitando bem os canais digitais. Um site bem construído, com todas as informações sobre a atuação do escritório de advocacia, é uma porta de entrada para clientes. Grande parte dos brasileiros consulta a internet antes de comprar um produto ou serviço.

Crie um layout que represente o escritório. Logotipos e cores bem aplicados farão parte da composição visual da marca e estarão presentes em cartões de visita, materiais de escritório, placas e no site da empresa.

Participe de entidades e associações empresariais

Ser engajado em entidades de classe faz toda a diferença para se tornar conhecido no meio. Marque presença em eventos importantes da área, ministre palestras e compartilhe seu conhecimento. Eventos e entidades são bons lugares para aumentar a rede de contatos, e consequentemente, de clientes.

Crie uma rede de relacionamento

Uma sugestão é propor serviços de consultoria para empresas de conhecidos, ou ainda buscar na rede de relacionamento pessoas com problemas trabalhistas, previdenciários, ou fiscais, por exemplo. Normalmente se um conhecido tem problema nessas áreas, outras pessoas que trabalham com ele devem ter as mesmas dificuldades.

Comunique-se

Talvez a divulgação mais forte para o advogado (e para qualquer profissional liberal) seja o boca a boca. Um cliente que indica o escritório para outro atestando que teve uma resposta de excelência e rápida acaba se tornando o ponto de partida de uma rede de referências. Conquiste-o e fidelize-o, demonstrando a qualidade dos serviços prestados.

No entanto, quando se fala em marketing jurídico é preciso ficar atento ao que preconiza o Código de Ética da profissão. Há uma limitação, de acordo com o provimento 94/2000, relacionado ao capital intelectual e sua divulgação. De acordo com o parágrafo 1º do provimento, “a publicidade deve ser realizada com discrição e moderação, observado o disposto nos arts. 28, 30 e 31 do Código de Ética e Disciplina”. O uso de informação para fins de prospecção de clientes deve ser muito bem avaliado.

Quer ficar por dentro das novidades sobre gestão de escritório de advocacia? Faça abaixo seu cadastro e receba os materiais do SAJ ADV em seu e-mail.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *