Como o inbound marketing pode ser aplicado à advocacia?

Tempo de leitura: 3 minutos

Inbound marketing é uma nova estratégia de marketing digital jurídico que faz a gestão do ciclo de vida do cliente, da fase ATRAIR até a fase de RECONQUISTA de um ex-cliente. É um conjunto de ações focadas em despertar o interesse espontâneo do cliente em seu negócio, em vez de empurrar-lhe propagandas e anúncios invasivos. Mais especificamente, essa estratégia consiste em compartilhar conteúdos interessantes, que possuam grande valor informativo para seus potenciais clientes. Desse modo, espera-se conquistar a permissão para um relacionamento mais próximo, que poderá resultar no fechamento de novos negócios.

inbound marketing jurídico

Mas, afinal, como o inbound marketing pode ser aplicado aos escritórios de advocacia? Acompanhe as próximas informações e descubra:

Etapa 1: Atração

O Código de Ética da OAB restringe táticas publicitárias intrusivas, por isso, o inbound marketing pode ser a solução para captar clientes sem infringir as regras da Ordem. Por meio de artigos, vídeos, infográficos e e-books relevantes, é possível atrair pessoas que já estão previamente interessadas em seus serviços.

Uma excelente ideia é publicar conteúdos jurídicos com temas aplicáveis ao cotidiano das pessoas e empresas, tais como: ações trabalhistas, previdência, pagamento de pensão, assédio moral, prevenção de conflitos e informações para a melhoria da tomada de decisões, entre outros assuntos relacionados à sua especialidade jurídica.

Mas atenção: não basta publicar artigos e esperar que eles atraiam leitores. É necessário utilizar técnicas de SEO em seu site para que seus conteúdos sejam facilmente encontrados através do Google e outros sites de pesquisa.

Etapa 2: Conversão

Depois de atrair potenciais clientes, é necessário estimulá-los a fazer um cadastro para receber seus próximos conteúdos. É nesse momento que o seu leitor se converterá em lead ativo, isto é, um contato que deseja manter uma relação mais próxima com o seu escritório.

É pertinente ressaltar que tais cadastros precisam fazer parte de uma base segmentada de leads, com a qual você descobrirá os problemas e interesses jurídicos de cada contato. Desse modo, será possível planejar conteúdos personalizados de acordo com os diferentes perfis de clientes.

Etapa 3: Comunicação bem-direcionada

Depois da segunda etapa, você já terá as informações necessárias para direcionar conteúdos individuais a cada lead.

Por exemplo, se um de seus contatos cadastrados se interessa por questões relacionadas ao Direito Trabalhista, é importante que ele receba mais conteúdos sobre esse tema. Assim, o ideal é investir em emails personalizados que possuam chamadas para artigos específicos e estimulem seus leads a saber mais sobre o seus serviços.

Etapa 4: Fechamento de contrato

Após o ciclo de comunicação personalizada, alguns leads poderão demonstrar interesse em contratar seus serviços de advocacia. Nessa etapa, você deverá apresentar os diferenciais do seu escritório e convidar o cliente para uma consulta, permitindo que ele esclareça dúvidas e conheça as possibilidades contratuais mais adequadas às suas necessidades.

Agora que você já sabe como o inbound marketing pode ser aplicado ao universo jurídico, que tal começar sua estratégia com o suporte da In Company? Somos especializados em desenvolver projetos de marketing jurídico que incluem planejamento de conteúdo e ações de engajamento, fortalecimento e fidelização de clientes. Atendemos escritórios de advocacia de todos os tamanhos e em todo o Brasil. Se desejar solicitar um orçamento sem compromisso entre em contato conosco!

Conheça todas as ações de marketing jurídico no site: www.incompanypr.com.br.

Quer ficar por dentro das novidades sobre Marketing Jurídico? Faça seu cadastro abaixo e receba os materiais exclusivos do SAJ ADV diretamente em seu e-mail.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *