Como fazer inbound marketing para escritórios de advocacia

Tempo de leitura: 5 minutos

Antes de falarmos sobre o que é inbound marketing para escritórios de advocacia, é fundamental que tenhamos em mente o que é marketing digital jurídico, de forma clara e objetiva. O marketing jurídico digital é um parceiro fundamental para qualquer escritório ou advogado autônomo que deseja ter sucesso e obter mais clientes por meio da internet. Inbound marketing, portanto, é a melhor estratégia para entender de uma forma mais clara qual é o segmento que seu escritório atua, tornando-o autoridade com estratégias voltadas para advogados.

Antes de qualquer estratégia, no entanto, é fundamental que sua agência de marketing digital tenha em mente o Provimento 94/2000 que permite saber quais são as práticas legais para a advocacia. Sendo assim, o material digital não pode divulgar, por exemplo: 

  • valores a serem cobrados;
  • utilização de meios promocionais;
  • referência a cargos que o advogado tenha exercido;
  • promessa de resultados;
  • anúncio em rádio ou televisão;
  • utilização de “dizeres próprias de persuasão comercial”, como “temos o melhor preço”;
  • uso de fotografias de órgãos públicos que inclui relação com eventos fora da área jurídica;
  • uso do nome profissional em objetos como calendário e chaveiros;
  • envio de mensagens publicitárias pelo celular, etc.

Porém, não se assuste. Embora a lista de entraves seja grande, há outros caminhos comprovados capazes de aumentar o sucesso do escritório. Ou seja: é possível sim que os advogados façam marketing! É preciso apenas estar atento aos princípios éticos e morais estabelecidos pela profissão.

Sendo assim, o inbound marketing é dividido em 4 etapas e iremos abordá-las com base no setor jurídico.

Etapa de atração no inbound marketing

Blog jurídico

A etapa de atração está diretamente ligada à manutenção de um blog jurídico. Trata-se, portanto, de uma etapa fundamental para o escritório obter leads (possíveis clientes). Em outras palavras, você só vai conseguir leads com atração.

Desta forma, tal atração é promovida por conteúdo, posts e publicações diferenciadas feitas no blog específico do escritório. O foco deve ser sempre a persona do seu escritório de advocacia (seu cliente em potencial). É para ela – e só para ela – que você deve escrever, e procure não perder o foco dela. Isso faz com que seu blog se torne, aos poucos, autoridade no meio.

Porém, a manutenção de um blog não está limitada a apenas orientar o usuário a seguir a chamada jornada de compra (o caminho que a pessoa percorre até se tornar um cliente efetivo). Trata-se também de criar relacionamento e identificação com seu público. É no blog, por exemplo, que você consegue abordar temas menos engessados, diferente do que acontece em um site institucional.

SEO

Search Engine Optimization (SEO) é a forma utilizada pelo inbound marketing para colocar seu site ou blog nas primeiras posições de pesquisa do Google. Assim, pode-se afirmar que essa técnica é dividida em duas partes, a Onpage e a Offpage. Mais informações sobre isso, você encontra no GUIA de SEO para iniciantes.

inbound marketing

Redes sociais

Como pudemos observar, é muito importante fazer com que seu público conheça seus serviços de forma orgânica, sem violar as leis da OAB. Portanto, posts que buscam esclarecer dúvidas genuínas dos cidadãos podem ser fundamentais para engajar sua fanpage.

Etapa de conversão no inbound marketing

De nada adianta ter leads e muitos acessos em seu site ou blog jurídico se você não consegue captar informações básicas sobre o tipo de pessoas que estão interessadas no seu conteúdo e nos seus serviços. Portanto, é preciso atenção às orientação ao inbound marketing aqui. Isso porque é importante encontrar um meio de obter os dados desses leads para descobrir qual é o melhor caminho para o escritório seguir nos próximos passos. Em outras palavras, para a tomada de decisão comercial, por exemplo.

Um exemplo do tipo de decisão a ser tomada são as chamadas landing pages, que armazenam e organizam as informações. Se o escritório tem quatro áreas de atuação, por exemplo, toda a jornada de compra será facilitada se cada uma delas contar com uma landing page ligada com algum CRM (relacionamento com o cliente).

Fechamento

Toda essa engrenagem feita até agora tem o objetivo de obter mais clientes para o escritório com base nas técnicas de inbound marketing. Assim, a etapa de fechamento também deve estar alinhada com o marketing. Por esse motivo, sempre aconselhamos que haja alguma ferramenta de automação de marketing digital. Isso faz com que essas informações não sejam perdidas dentro de um CRM e tenham nexo dentro de um contexto.

Relacionamento

A parte do relacionamento é uma estratégia de cada escritório. Ela faz com que sempre haja um feedback da situação da entrega do serviço para o cliente final. Desta forma, é muito importante observar, nesta etapa, se o cliente está feliz com o escritório. Afinal, é muito mais oneroso conseguir um novo cliente do que manter os já existentes.

Enfim, espero que tenham gostado do artigo. Trata-se, na verdade, de uma breve sinopse do que pode ser feito pelo segmento jurídico com estratégias corretas baseadas em inbound marketing.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *