Como estimular o intraempreendedorismo no escritório

Tempo de leitura: 6 minutos

O dicionário Michaelis define empreendedor como alguém que se aventura à realização de coisas fora do comum e que além de ativo e arrojado, também toma para si o trabalho de uma empresa. O empreendedorismo precisa de dedicação de tempo e esforço para que a corporação, escritório ou ideia diferente saia do papel. Mas e o intraempreendedorismo, você sabe do que se trata? A palavra é a tradução da expressão “intrapeneur”, que significa empreender internamente.

O colaborador com espírito intraempreendedor é o famoso funcionário que veste a camisa da empresa e está disposto a colaborar para que a organização venda mais, ganhe mais e reduza custos. Ele consegue analisar cenários, utilizar a sua criatividade na tomada de decisão e é capaz de mapear riscos, pois conhece os vários setores da empresa e não apenas onde está alocado. Trazendo o intraempreendedorismo para os escritórios, um advogado com esse perfil é capaz de implantar a padronização dos atendimentos a clientes e procedimentos do escritório de advocacia, visando a excelência na prestação de serviços e também colocando em prática indicadores de performance e custos do escritório.

Os profissionais com esse perfil estão em disputa no mercado, pois podem ajudar os escritórios a crescer. Mas, existem casos em que o colaborador com perfil intraempreendedor acaba deixando a empresa por não sentir que suas ideias sejam valorizadas ou contempladas. Portanto, é necessário ter em mente que esses profissionais são os melhores talentos a serem retidos pelo escritório e por isso devem ser estimulados constantemente a colocar seus insights em prática e ter mais autonomia nas tomadas de decisão. Abaixo separamos algumas dicas para incentivar o intraempreendedorismo nos escritórios de advocacia. A seguir você também poderá encontrar 2 materiais ricos para download. Confira!

3 dicas para estimular o intraempreendedorismo em escritórios de advocacia

Implante uma ferramenta de gestão

Uma ferramenta de gestão financeira, processos e tarefas, como o SAJ ADV, permite que o colaborador ajude nas tomadas de decisão,  já que pode entender e analisar os vários setores do escritórios. O advogado com perfil para o intraempreendedorismo pode analisar os cenários e contribuir, por exemplo, para que o escritório intensifique a retenção de clientes, reduza custos e melhore a gestão de carteira de clientes.

Crie ações de capacitação interna com grupos de estudo

Investir em cursos de capacitação ou grupos de estudo faz com que os colaboradores se sintam mais engajados e motivados para atuar nas empresas, pois esses treinamentos permitem que os profissionais sejam alinhados com o planejamento estratégico do da empresa ou escritório de advocacia, e portanto, estimula o intraempreendedorismo nos calaboradores. Neste post sobre gestão de pessoas, apresentamos algumas plataforma de ensino a distância gratuitas, como o Veduca e a  Coursera, que podem contribuir para implementação dos grupos de estudo.



Melhorar o marketing do escritório, seguindo o código de ética da OAB

intraempreendedorismo

Um dos erros cometidos por advogados iniciantes é não investir em um plano de marketing, pois é nele que vão surgir as informações sobre o seu público alvo, seus concorrentes e os melhores ramos de atuação para os sócios do escritório. Quando esse plano de marketing existe e é apresentado para toda a equipe, o gestor permite que todos os colaboradores contribuam para a implementação do planejamento estratégico. Já que uma das características do intraempreendedorismo é ter ideias novas, o colaborador pode contribuir escrevendo artigos para o blog ou site do escritório, compartilhando postagens da redes sociais do escritório, ou ainda, investindo no relacionamento para fidelização de clientes, por meio dos canais de comunicação do escritório de advocacia.

Ramos do Direito em forte ascensão no Brasil

Antes de investir em intraempreendedorismo, que tal conhecer os ramos do Direito com melhores perspectivas de mercado? Separamos 7 áreas do destaque:

  • Advogado trabalhista;
  • Advogado especializado em recuperação judicial e de crédito;
  • Advogado especializado em compliance e ética;
  • Advogado tributarista;
  • Direito do Entretenimento;
  • Direito Desportivo;
  • Mediação e Arbitragem;

O post completo sobre os ramos do Direito em ascensão, com a descrição de cada área, você pode conferir AQUI.

Agora que você já sabe como estimular o intraempreendedorismo em escritórios de advocacia, confira abaixo alguns materiais exclusivos para download gratuito. Todos produzidos com auxílio dos profissionais mais renomados em suas áreas de atuação.

Abaixo os principais pontos abordados nesse material:

Para fazer o download gratuito desse material é super simples! Basta clicar AQUI.

Para fazer o download gratuito desse material exclusivo, com todos os tópicos acima, é super simples! Basta clicar AQUI.

Quer ficar por dentro das novidades sobre gestão de escritório de advocacia? Faça seu cadastro e receba os materiais exclusivos do SAJ ADV diretamente em seu e-mail.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *