Site para escritórios de advocacia X LGPD: o que preciso saber

LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) é a lei brasileira que regulamenta a coleta e o tratamento de dados pessoais e, impõe, inclusive, multa ao uso indevido dos dados.

Como sabemos, atualmente as pessoas adotaram novas formas de adquirir um serviço ou um produto na internet. Todos os segmentos, contudo, possuem particularidades inclusive o segmento de Marketing Jurídico Digital. Um escritório de advocacia que deseja ser competitivo no Google, desse modo, necessita de um site robusto, clean e objetivo. Mas como construir um site para escritórios de advocacia de forma eficiente e sem ferir os preceitos da LGPD?

Os benefícios são enormes quando estamos tratando de sites para escritórios de advocacia. Afinal, é uma importante ferramenta de atração de clientes e de branding, desde que em conformidade com o Código de Ética da OAB. No entanto, é preciso estar atento aos dados pessoais envolvidos.

Confira como escolher o melhor site para o seu escritório e saiba tudo para estar adequado à LGPD!

1. Layout para sites de advocacia

Depois que você adquirir e registrar seu domínio, é fundamental que defina um layout para o seu site Jurídico. Nesse momento, é muito importante levar em consideração fatores de UX, que nada mais é do que fazer com que o lead/usuário tenha uma boa experiência no seu site. Isto auxilia, assim, para que a visita dele se transforme em uma conversão.  

Atente-se, portanto, em desenvolver um site Jurídico bem objetivo, com fontes e artes agradáveis, sem cores muito pesadas ou chamativas. Lembre-se que o segmento Jurídico necessita passar seriedade.

E antes de focar na adequação à LGPD, o que deve acontecer já na implementação do site, sugerimos seguir os passos abaixo:



1. 1. Quais as páginas do seu site jurídico

O primeiro passo depois de escolher o Theme, WordPress (melhor CMS atualmente no mercado) que deseja, é fundamental selecionar quais as páginas que irão compor seu site Jurídico. Muito importante que o site seja institucional e informativo, sem caráter comercial,  o que fere as normas e éticas da OAB.

Sempre aconselhamos o básico no lançamento do site e que ao longo do tempo você invista em deixá-lo mais robusto, como, por exemplo: HOME, Sobre nós, Aréa de Atuação, Blog, Contato, Área do cliente SAJ ADV .

Cabe lembrar, entretanto, que para cada área de atuação é imprescindível. Ou seja, tenha uma Landing Page específica sobre a área do Direito em que você atua. Isto contribui para que você tenha melhor aproveitamento da SERP e chances de converter o lead de uma maneira melhor do que se não tivesse otimizado e se atentado nos fatores de ranqueamento que o Google sinaliza como fundamental. 

Como você verá abaixo, é importante estruturar o seu site para depois realizar uma adequação eficiente à LGPD.

lgpd site para escritórios de advocacia

1. 2. Conteúdo do seu site jurídico

Assim como o Layout, o conteúdo também é de suma importância. Desde os conteúdos para as Landing Pages até os artigos do Blog, todos devem ser pensados e enquadrados em uma curadoria de conteúdo com foco nas estratégias de ranqueamento do Google. 

Muito importante, dessa maneira, que o site não tenha erros de português e gramaticais. Ademais, a linguagem deve ser de fácil compreensão. Portanto, evite sempre o “Juridiquês”, pois quem visita seu site muitas vezes será uma pessoa leiga em assuntos jurídicos.

2. SEO para Sites Jurídicos 

SEO –  Search Engine Optimization, nome dado à estratégia dentro e fora do seu site Jurídico, a fim de fazer com que ele tenha boas vantagens competitivas e boas posições no Google Orgânico.

Essa estratégia visa colocar o seu site nas melhores posições do Google,  fazendo com que os leads qualificados Convertam . Para saber mais, veja alguns pontos Sobre SEO para Sites Jurídicos.

3. O que é o LGPD

LGPD –  Lei de Proteção de Dados Pessoais “a GDPR brasileira”, sancionada em agosto de 2018, que entrará em vigor em agosto de 2020. A LGPD estabelece regras sobre coleta, armazenamento, tratamento e compartilhamento de dados pessoais, impondo mais proteção e penalidades para o não cumprimento da mesma.

Com essa nova era da LGPD, o Brasil detém, entre 120 países, o selo de proteção de dados pessoais – regulamento criado pela União Europeia, o qual modifica a conduta das empresas privadas no que diz respeito aos dados de seus usuários. O intuito é aumentar, dessa forma, a privacidade dos usuários. A coleta e processamento de dados necessitará atentar-se às bases legais impostas pela regulação criada pela União Europeia. No entanto, é preciso estar ciente das diferenças entre a GDPR e a LGPD. 

4. Como seu site Jurídico é impactado pela LGPD?

novo artigo da LGPD informa nove hipóteses que tornam lícitos os tratamentos de dados, das quais  destacamos duas: fornecimento de consentimento e o legítimo interesse.

Nesse caso, toda a ação de coleta de dados deve ser informada em suas Landing Pages e afins. E é necessário que o visitante consinta com a coleta de seus dados. Portanto, invista na informação dos seus visitantes através de termos de uso, política de privacidade e afins.

Outro ponto importante é que o seu site Jurídico tenha certificado SSL (HTTPS) favorecendo o Google e a segurança do seu site.

5. Como o SAJ ADV é impactado?

O SAJ ADV – software jurídico e Softplan já estão se organizando para adequar a tecnologia à nova legislação e garantir, desse modo, maior segurança ao usuário. O software já conta com DPO, medida de segurança e dados criptografados, com o intuito de proteger as informações fornecidas pelos usuários do sistema, inclusive em relação aos dados de seus clientes.

Afinal, a advocacia lida com dados importantes e, principalmente, dados pessoais, o objeto da LGPD.

Por isso, um bom software jurídico se antecipa aos problemas, e estará preparado para as mudanças provenientes da nova legislação.

6. Segurança para sites Jurídicos 

Diante dessas informações importantes, vamos listar algumas dicas extras de segurança que poderão te salvar de muita dor de cabeça, sobretudo com o advento da LGPD. Sendo um dos melhores CMS, o WordPress fica na mira de hackers e trojans com intuito de trazer prejuízos grandes para o seu site Jurídico. 

6. 1. Mantenha seu CMS atualizado

É normal que seu CMS necessite de atualizações, a fim de sanar possíveis bugs e vulnerabilidades entre uma versão e outra. Geralmente eles informam as vulnerabilidades que tinha, fazendo com que fique ainda mais perigoso, como atualizações de segurança indispensáveis para manter o site seguro.

Por isso, sempre que surgir uma nova atualização, avise o desenvolvedor do seu site para o mesmo validar e aplicar a nova versão.

6. 2. Utilize certificados SSL/TLS

Certificados SSL são fundamentais para a segurança do seu site Jurídico. Com o SSL, a conexão entre o usuário e o servidor fica criptografada em uma tecnologia de 256 Bits. Sendo assim, o DB (banco de dados) trabalha de forma mais segura, permitindo que dados como telefones, e-mails, cartões de crédito, senhas, não sejam interceptados.

No Google Chrome, após a aquisição do certificado, é inserido antes da URL do site a tag de Seguro, assim como a tag de Não Seguro para os sites sem essa proteção. Além disso, o Google passou a dar mais relevância com relação a posicionamento nos resultados de busca para sites com Certificado SSL.

Caso você ainda não faça uso de algum Certificado SSL, aconselhamos que adquira o quanto antes .

6. 3. Verificação do Search Console

O Search Console é a ferramenta do Google que informa a vida do seu site Jurídico, fazendo com que você saiba na íntegra todas as mensagens de melhoria que o “Tio Google” solicitou.  Fique atento em mensagens relacionadas à lentidão e segurança, estas última, as quais podem ser importantes em aspectos de LGPD também.

6. 4. Tenha Backup

Uma das recomendações principais é que “sempre tenha um backup”. Procure ter um servidor que faça backups automáticos, tornando seu site mais seguro em casos de bug grave.

7. Software Jurídico: como escolher o melhor Software Jurídico 2020

Muitos escritórios de advocacia necessitam de um sistema de gestão de processos jurídicos para melhorar a logística do dia dia de um escritório. O Software Jurídico SAJ ADV vai muito além de uma ferramenta de gestão.

Com um bom Software Jurídico, seu escritório contará com uma produtividade melhor e mais assertiva, além de ter mais segurança na gestão do escritório.

Quer saber tudo sobre LGPD? Faça abaixo seu cadastro e receba os materiais exclusivos do SAJ ADV – software jurídico em seu e-mail.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *