Mercado de trabalho para advogados: tendências e desafios

Tempo de leitura: 7 minutos

(Last Updated On: 27 de setembro de 2017)

Dentre os diversos desafios enfrentados pelos profissionais da área jurídica, dois pontos chamam atenção neste ano de 2016: o crescimento do número de advogados no setor e a iminente instabilidade econômica do país. De acordo com a 1 edição do Anuário de Advocacia (2015), há 10 anos havia 574 mil advogados no Brasil, hoje já são mais de 1 milhão. Esse crescimento é um indicativo de que o mercado de trabalho para advogados apresentou condições favoráveis para seu desenvolvimento, mas também é o primeiro desafio a ser enfrentado pelos profissionais, uma vez que o aumento representa uma concorrência cada vez mais acirrada.

Nesse contexto, para lidar com o crescimento do setor e acompanhar as tendências do mercado, tanto os advogados quanto as bancas precisam se atualizar adotando estratégias, como, por exemplo, direcionar suas atividades para os resultados; tornar suas relações com clientes mais objetivas e utilizar um software jurídico para facilitar o dia a dia. O segundo desafio do mercado de trabalho para advogados está em alinhar a atuação do escritório de advocacia frente à crise econômica, levando em consideração temas que envolvam os principais pontos de relacionamento e as mudanças do mercado, de modo que consigam alcançar o crescimento necessário ao negócio.

Tendências do mercado de trabalho para advogados

O Anuário de Advocacia 2015 divulgou o panorama dos escritórios de advocacia brasileiros e mostrou quais são os escritórios e advogados mais admirados do país. Além disso, apontou as tendências que serão destaque no mercado de trabalho para advogados em 2016. A publicação reúne mais de 1 mil advogados e 500 empresas, divididos nas categorias full service, abrangente e especializada. O anuário aponta alguns apanhados interessantes, como o crescimento da representação feminina na sociedade. O número de mulheres, citadas por executivos como destaque na edição de 2015, cresceu de 16 para 73 em 10 anos, embora o auge tenha sido em 2014, com 103 indicadas. O Direito Tributário foi a especialidade com maior evolução, partindo de 25 escritórios e 10 advogados em 2006, para 93 escritórios e 75 advogados em 2015.

A pesquisa para selecionar o ranking do anuário é dividida em 12 áreas do mercado de trabalho para advogados: ambiental, cível, consumidor, contratos comerciais, exportação e importação, infraestrutura e regulatório, operações financeiras, penal, propriedade intelectual, societário, trabalhista e tributário. Desse modo é possível identificar quem são os mais admirados em cada ramo, além de indicar as bancas que se destacam em diversas áreas, conforme informou a editora-executiva, Celia Almudema, responsável pela publicação do anuário.

Buscando referências de mercado

Para Thais Lunadi, professora de Direito da Universidade Positivo, publicações como  Anuário de Advocacia possibilitam um amplo conhecimento acerca dos serviços jurídicos e do mercado de trabalho para advogados do Brasil, pois inclui, além das áreas tradicionais, algumas diferenciadas, como exportação e importação, operações financeiras, infraestrutura e regulatório. “Para os novos gestores de escritórios de advocacia é uma fonte interessante de consulta, na medida em que possibilita esse conhecimento amplo dos grandes escritórios e advogados mais respeitados, servindo como fator de motivação, na medida em que muitas empresas optam por contratar apenas escritórios ou advogados indicados na listagem”, concluiu.



O site Conjur analisou a evolução do mercado de trabalho para advogados a partir dos dados do Anuário e destacou alguns fatores que pesam na decisão de contratar um escritório de advocacia:

  • Para 90% dos entrevistados, a reputação da banca, sempre valorizada por empresas, foi apontada como fator de maior peso na hora de contratar um escritório de advocacia;
  • Em segundo lugar, ficaram a expertise no setor em que a empresa atua e a flexibilidade para negociação de honorários, apontados como relevantes por 83% dos que participaram do levantamento;
  • O relacionamento pessoal com os sócios da banca foi indicado por 74% dos entrevistados;
  • E 67% acreditam que o valor dos honorários é o mais importante para a contratação.

De acordo com a pesquisa, a principal queixa das empresas em relação aos entraves para a contratação diz respeito ao alto valor dos honorários, apontado por 55% delas. Outras críticas estão relacionadas à administração deficiente das bancas (31%), à fraca formação dos advogados (28%) e à taxa de erros elevada (20%).

Quais são as principais causas de rompimento de contrato?

O que corrobora o principal motivo que influencia a decisão de uma companhia de romper o contrato com um escritório, que é a percepção de que a qualidade dos serviços caiu, quesito indicado por 96% dos executivos. Outros motivos são: falha ao oferecer serviços de interesse da empresa (91%), mau relacionamento com os sócios (87%) e evento capaz de arranhar a reputação da banca (86%).

Para Rodrigo Scatambulo de Lima, responsável pelos Assuntos Institucionais do escritório Pinheiro Neto Advogados, que conquistou a primeira colocação na categoria “Mais Admirados – Full Service”, o que mais influencia no sucesso do trabalho são as pessoas. “Temos um time de profissionais altamente capacitado, que atua em total sinergia. Além disso, o controle de qualidade do trabalho do escritório é reflexo do envolvimento pessoal dos sócios em todos os casos. Temos uma relação de 3,5 advogados por sócio e isso é proposital. Não sacrificamos a qualidade em favor da rentabilidade e os clientes percebem isso”, explicou Lima. Nessa mesma categoria, ocupam o segundo e o terceiro lugar, respectivamente: Siqueira Castro Advogados, e Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. E Quiroga Advogados.

Desafios do mercado de trabalho para advogados

As empresas estão segurando os investimentos em 2016 e, por isso, o mercado de trabalho para advogados também precisa se reinventar. Os profissionais devem adotar medidas inovadoras e pensar em estratégias diferenciadas para que consigam sobressair-se frente à concorrência. Para sobreviverem no mercado eles devem considerar algumas recomendações como:

  1. Debater como os escritórios podem se reinventar, criando estratégias inovadoras para atender os clientes;
  2. Analisar as oportunidades que o mercado em crise pode proporcionar aos escritórios, principalmente ligados à competitividade;
  3. Discutir estratégias para obter sucesso na renegociação dos contratos, atendendo às expectativas dos clientes, com uma margem de lucro favorável;
  4. Despertar o olhar criativo pode ser essencial para os escritórios sobreviverem à crise do mercado, quando as empresas sofrem corte de budget.

Outra dica que o advogado Rodrigo Scatambulo de Lima dá aos profissionais que estão chegando agora no mercado de trabalho para advogados é nunca parar de estudar. “Estejam preparados para atuar num ambiente cada vez mais globalizado e voltado para o negócio. Vivemos um momento em que o cliente espera que seu advogado saiba compreender o negócio, assim como ele, para apoiá-lo nas tomadas de decisão”, finalizou.

Mercado de trabalho para advogados e tecnologia

mercado de trabalho para advogados

Alguns gestores de escritórios têm utilizado a tecnologia para se destacar e ganhar mais espaço no disputado mercado de trabalho para advogados. Existem vários softwares que auxiliam na gestão de informações, processos e até  na gestão financeira dos escritórios de advocacia. O SAJ ADV, por exemplo, é um software jurídico na nuvem que permite registrar os acontecimentos relativos ao dia a dia do escritório, como atendimento aos clientes, movimentações processuais, registros de atas e reuniões. Além disso, ele permite que o controle dos compromissos e tarefas seja em formato de calendário com visão diária, semanal ou mensal. Essa funcionalidade permite que a observação dos prazos processuais, das reuniões com os clientes e as audiências com os juízes sejam feitas de forma mais simples.

Se você ficou interessado e quer conhecer outros benefícios de um software jurídico e como ele pode ser uma ferramenta de destaque do escritório no mercado de trabalho para advogados. Clique aqui e conheça as principais vantagens em ter um software de gestão de escritório na nuvem.

Quer ficar por dentro de todas as novidades do mercado jurídico? Faça seu cadastro e receba nossos materiais exclusivos diretamente em seu email.

>

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *