Modelo de negócio na advocacia: como definir o seu?

O conceito de modelo de negócios é algo bastante conhecido no universo do empreendedorismo. No meio jurídico, no entanto, a ideia de ter um modelo de negócio na advocacia ainda é algo pouco explorado. Muitos advogados abrem escritórios sem qualquer planejamento, ou ainda, sem contar com uma boa metodologia que os auxilie a pensar e agir estrategicamente.

Com o aumento da concorrência e a necessidade de inovar esse cenário vem mudando. Hoje, cada vez mais advogados vem buscando usar um plano de negócios como base para construir um modelo de negócio na advocacia. Algumas metodologias como o Business Model Canvas, ou simplesmente Canvas, vem auxiliando diversos advogados a definirem modelos de negócio na advocacia inovadores e ao mesmo tempo sustentáveis.

Para saber como funciona a metodologia Canvas e como utilizá-la na hora de definir seu modelo de negócio na advocacia, não deixe de conferir!

modelo de negócio na advocacia

O que é o Canvas?

O Canvas é uma ferramenta de planejamento de negócios. Criada em 2010 pelo suíço Alexander Osterwalder, a ferramenta permite que o advogado conclua pela viabilidade ou inviabilidade do seu escritório de advocacia, startup jurídica ou qualquer outro modelo de negócio na advocacia.

[Você sabe quais são os principais modelos de negócio na advocacia? Confira!]



Ao contrário do que muitos advogados pensam, não é porque um escritório de advocacia é um tipo de negócio já conhecido no mercado que ele automaticamente foi feito para dar certo. Escritórios bem-sucedidos precisam estar em sintonia com o mercado e com as demandas da clientela. Além disso, o elemento da inovação é algo fundamental, especialmente para quem deseja se destacar em um mercado tão competitivo.

O Canvas também é uma excelente ferramenta para advogados que já possuem um escritório consolidado, mas sentem a necessidade de se modernizar e criar oferecer serviços jurídicos de forma diferenciada.

Montando um modelo de negócio na advocacia com o Canvas

O Canvas é um modelo de negócios bastante visual. Composto por um painel com nove divisões, cada uma das partes auxilia o advogado a refletir sobre algo importante do seu modelo de negócio na advocacia. Além disso, a ferramenta auxilia o profissional a refletir sobre o seu negócio, concluindo sobre a viabilidade ou inviabilidade do seu projeto.

Dentro do painel, que pode ser preenchido até usando sites na internet, o advogado vai encontrar os seguintes campos:

Proposta de valor

Você já refletiu sobre quais são os valores que você entrega ao seu cliente? O termo valor aqui não se refere à questão financeira, mas sim àquilo que você proporciona ao seu cliente no momento que ele contrata seu escritório de advocacia. Ao preencher a proposta de valor do seu escritório, procure definir o que ele oferece de útil e desejado a quem busca pelos seus serviços jurídicos.

[Você sabe se os seus clientes reconhecem o valor dos seus serviços jurídicos? Saiba como mudar a percepção do seu escritório no mercado!]

Segmento de clientes

Outro ponto de reflexão presente no Canvas diz respeito ao seu nicho de clientes, ou seja, quem é o seu público alvo. Qual é o perfil de cliente que o seu escritório pretende atrair ou impactar? Empresas? Pessoas físicas? Quais os tipos de demandas essas pessoas possuem? Trata-se de um escritório boutique focado em questões especificas e clientes de alto pode aquisitivo? Trata-se de um escritório de massa voltado ao contencioso de clientes classe C e D? Nessa parte do quadro você deve separar alguns minutos para pensar a respeito dessas questões.

Canais

Por meio de quais canais seus clientes encontram seu escritório de advocacia? Através de quais canais seu cliente recebe pelos seus serviços jurídicos? Nesse campo o advogado deve listar quais são os canais que ligam seu cliente aos seus serviços e seu escritório.

Relacionamento com clientes

De que maneira seu escritório vai se conectar com seus clientes? Quais serão os meios de comunicação a serem utilizados? Site, e-mail, WhatsApp, redes sociais? Existem diversos meios e o advogado deve avaliar quais serão utilizados, quais atendem seu perfil de cliente e quais são os esforços necessários para manter seus canais de relacionamento ativo.

Atividades-chave

Quais são as atividades essenciais do seu negócio pelas quais você entrega valor aos seus clientes? Contratos, ações judiciais, relatórios, auditorias? Nesse quadro o advogado deve refletir sobre o seu core business e os principais serviços que entrega ao seu cliente.

Recursos-chave

Quais são os recursos necessários para que seu escritório funcione? Quem são os profissionais e quais são os equipamentos necessários? Como é a sua estrutura física? Enfim, nesse quadro você deve refletir sobre todos os elementos que compõem necessários a realização do seu modelo de negócio na advocacia.

Parcerias-chave

Quais são os parceiros que podem contribuir com seu escritório? Estamos falando desde empresas, outros escritórios, fornecedores e prestadores de serviços. Apenas para ter um exemplo concreto, vamos supor que o seu escritório atua no contencioso de massa. Você irá buscar correspondentes para auxiliar nos serviços? Quais outros escritórios ou empresas podem auxiliar na execução dos seus serviços jurídicos?

Fontes de receita

Quais são as formas pelas quais seu escritório obtém receita? Quais são os serviços que geram receita para o seu escritório? Existem fontes esporádicas de receita? Nesse tópico o advogado deve se debruçar sobre essas questões.

Estruturas de custo

Quais são os custos e despesas do seu escritório de advocacia? Aqui o advogado deve incluir tanto os gastos para iniciar seu escritório ou reformular sua proposta de negócio, bem como, os gastos para manter seu escritório funcionando.

O Canva é uma metodologia para a criação e reformulação de negócios bastante útil. Isso porque ela auxilia na verificação da viabilidade, bem como, mostra diretrizes que auxiliam na inovação. Para quem deseja criar um modelo de negócio na advocacia essa ferramenta pode ser uma ótima maneira de corrigir falhas estruturais no seu escritório, ou mesmo começar um negócio do zero, mas com reais possibilidades de sucesso.

Quer ficar por dentro das novidades sobre gestão de escritório de advocacia? Faça seu cadastro e receba os materiais exclusivos do SAJ ADV diretamente em seu e-mail.

Print Friendly and PDF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *