4 passos para inovar na advocacia em um mercado competitivo

Como inovar na advocacia em 4 passos

A pergunta que mais tenho ouvido do advogado, seja recém-formado ou com experiência na advocacia é essa: como inovar na advocacia num mercado tão competitivo e aparentemente congestionado de profissionais?

A questão da inovação da advocacia, contudo, abrange dois aspectos fundamentais: o interno e o externo.

Ou seja, a inovação, envolve e as habilidades e capacidades do advogado atuante – aspecto interno. Mas também engloba as demandas atuais e futuras do mercado jurídico onde atua esse profissional – aspecto externo.

Para inovar, é preciso fazer algo diferente do que está posto. Consequentemente, isto demanda compreender astutamente o que o colega advogado e advogada, que atuam na sua área de mercado, estão fazendo exatamente agora. Dessa forma, eu sugiro a vocês seguir os seguintes passos para que possam entender por onde começar na estrada da inovação quando o assunto é carreira do advogado.

passos para inovar na advocacia

1. Analise a advocacia de forma imparcial

Primeiro passo: analise. Temos que aprender a analisar corretamente cenários econômicos, políticos e sociais da cidade, estado ou país em que vivemos. Isto para começar com cenários internos. Contudo, os externos são de extrema relevância para atuações além fronteiras.

Denomino “corretamente” a análise que é desprovida, pelo menos um pouco, de emoções, sentimentos e crenças ou clichês que reproduzem verdades, dogmas ou formas rígidas de pensamento, sejam estas boas ou ruins. O que eu quero te dizer com isso?



Quanto mais analíticos e menos parciais nós formos, em especial enquanto profissionais da advocacia, mais conseguiremos enxergar o dinamismo social sem apaixonar-se por posições apressadas, avaliações parciais da realidade ou fenômenos. Enfim, menor o risco de nos contaminarmos com as emoções e opiniões apaixonadas de qualquer lado que seja. Calma, não emita tão rápido sua opinião quando for questionado! Analise a intenção de cada pergunta. E veja, então, se a sua resposta será adequada ao que o interlocutor deseja ouvir, sobretudo se for seu potencial cliente.

Perceba o contexto da advocacia

Analise cuidadosamente para onde caminha a advocacia da sua região. Identifique, assim, quais são as demandas mais comuns, as necessidades mais prementes. Leia e assista diferentes veículos de comunicação. Entenda, então, como se posiciona o governo municipal, estadual e federal em questões-chave nas quais você pretende atuar. Reflita, desse modo, sobre o que falta, o que está em excesso. Veja as lacunas que precisam ser preenchidas. Enfim, catalogue as informações necessárias para que conclua qual o melhor caminho para investir na advocacia. Coloque isso no papel!

Perceba que a advocacia responde aos anseios e conflitos sociais, de modo que entendê-los torna-se relevante para saber o campo de atuação mais rentável para você atuar, exemplo: em épocas de crises imobiliárias, importante as demandas de rescisão e revisão contratuais; em tempos de reforma trabalhista, entender como serão os novos conflitos da área e traçar novos campos e nichos de atuação nessa área, capacitando empresas, por exemplo, para nos novos cenários dos direitos trabalhistas; em tempos de mudanças de alíquotas em impostos determinados, assegurar o planejamento tributário de pessoas jurídicas e físicas, etc etc.

2. Planeje-se no mercado jurídico

O segundo passo: planeje. depois de uma análise do nicho em que você poderia e deseja atuar, a partir das demandas sociais iminentes que você percebeu existir – cada região pode ter uma realidade diferente – agora é a hora de planejar a forma de atuação. O advogado deve investir em consultorias, assessorias jurídicas, entender que vende informação clara, objetiva e valiosa que seu cliente não encontrará em outro profissional nem no Google, por exemplo.

Lembro a vocês que no texto “05 pilares para uma advocacia de alta performance“, eu descrevi que o que vendemos, enquanto advogados e advogadas, é, antes de tudo, nossa performance. Ou seja, nossa postura, aspectos imateriais da nossa atuação.

No planejamento, você identificará prioridades na atuação no mercado jurídico escolhido. Aprenderá a mensurar seus resultados, premiando-os. Aprenderá, também, a prospectar os clientes corretos para a área desejada, utilizando avatares adequados à mensagem que você quer passar. No Coaching para advogados, você alcança muito mais rápido os resultados desejados sem pular etapas e reflexões importantes, que auxiliarão o advogado e advogada na conquista de seus objetivos com mais tenacidade. E evitará, dessa maneira, desperdícios de energia, tempo e desistências que prejudicam muito a caminhada na carreira profissional.

Por fim, insisto que planejar o passo-a-passo da sua advocacia, com um profissional como um Coach que tem as ferramentas e as provocações necessárias para que você entenda como funciona bons recursos de planejamento, torna-se fundamental para seu sucesso por que suas metas estarão concatenadas com objetivos primários, secundários e terciários, e assim de forma coordenada, você alcançará resultados mais efetivos e rápidos. Experimente!

3. Decida na advocacia

O terceiro passo é: decida. De nada adianta analisar, planejar corretamente e ficar estagnado no medo de agir.

Compreenda, colega advogado e advogada, suas reais motivações. Já falamos sobre a estruturação da motivação na advocacia no mês anterior. Ao compreender o porquê das suas intenções e desejos você conseguirá sustenta-los de verdade até o fim.

O caminho da realização em qualquer área é longo e árduo. Nós precisamos, então, entender, racional e emocionalmente, o motivo que nos leva a adotar os caminhamos que adotamos na estrada profissional. O passo errado vai adiar nossos sonhos e resultados. Mas isso nós queremos evitar, porque o mundo está veloz, demanda posições céleres, agir certeiros. Nós não podemos, então, perder tempos com decisões erradas ou pior, ausência de decisões.

Gestão na tomada de decisão na advocacia

Por isso a importância de trabalhar uma gestão de tempo rumo ao objetivo desejado, selecionando e priorizando atitudes corretas que irão trazer os resultados desejados. Além disso, a produtividade é algo fundamental para se alcançar numa época de muitas distrações e informações que nada agregam aos nossos objetivos, e sim nos distraem e tiram o foco da nossa meta.

Colega, decida! Não pare no meio do caminho. Invista em ferramentas e conhecimento que o capacitem a continuar enfrentando deficiências, obstáculos e assim supere o imprevisto e as dificuldades na sua carreira.

Decida investir em nossos recursos de marketing jurídico; use coerentemente as redes sociais, sobretudo as profissionais, como Linked in e Instagram; utilize ferramentas de gestão de processos e de escritórios para otimizar sua rotina forense e dar segurança aos seutrabalho e a sua clientela; invista em cursos de especialização técnico-jurídica, mas também em cursos de relacionamentos, e tantos outros que agregarão na sua capacidade e gestão de emoções, como inteligência emocional, gestão de conflitos, e habilidades que colocarão você em patamares diferenciados no mercado jurídico por que não são habilidades, ainda, frequentemente procuradas por advogados e advogadas.

4. Mensure resultados

O quarto e último passo é: mensure. Meça seus resultados. Não deixe passar em branco suas conquistas diárias e periódicas. A cada nova etapa cumprida do seu planejamento estratégico, premie-se e fortaleça seus bons hábitos e convicções. Motive-se constantemente, sem precisar de elogios dos outros. Crie sua ferramenta de medida, com a ajuda de um profissional e verifique se está no caminho certo para o qual se preparou.

A inovação pressupõe necessariamente o trabalho contínuo tanto do aspecto interno quanto da avaliação estratégica do aspecto externo. São dois lados de uma mesma moeda com peso e importâncias equivalentes quando falamos em diferencial, em fazer algo além do comum.

Minhas sugestões são: crie um hábito de inovar-se a cada período, agregue novos valores, hábitos positivos e competências que seus colegas não têm para a partir daí você ser um referencial de inovação na advocacia.

Quer ficar por dentro das novidades sobre mercado jurídico? Faça abaixo seu cadastro e receba materiais do SAJ ADV em seu e-mail.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *