Podcasts de Direito: 11 opções para se atualizar e aprimorar a carreira

Advogados estão sempre correndo. A agenda está sempre lotada. Os prazos judiciais estão sempre batendo à porta. Por isso, nem sempre sobra tempo para se atualizar e colocar a leitura de conteúdos jurídicos em dia. É nesse contexto que os podcasts de Direito ganham cada vez mais espaço e referência.

Um podcast, para quem não sabe, é uma mídia de transmissão de informações que se assemelha a um programa de rádio. A diferença é que o próprio usuário escolhe o assunto que quer ouvir e ouve na hora que quiser.

Funciona assim: os programas costumam ser produzidos por qualquer pessoa ou grupo que deseja compartilhar conteúdo por meio de áudio. O resultado é um episódio isolado, com um tema único, que aborda um assunto pré-determinado e fica disponível gratuitamente para download na internet ou por meio de programas de streaming, como Soundcloud, Spotify e iTunes. Esse, na verdade, é um dos grandes diferenciais desse modelo: os arquivos de áudio costumam ser bem leves e podem ser baixados e reproduzidos em qualquer dispositivo, seja um tablet, ou um celular, por exemplo.

No Brasil, o primeiro podcast foi lançado em 2004 – o Digital Minds. De lá pra cá, o formato foi se aperfeiçoando e ganhou o país. Programas temáticos surgiram e os podcasts de Direito se popularizaram entre os mais ouvidos. Basicamente, os episódios reúnem debates ricos realizados por especialistas em determinado assunto, que analisam a temática escolhida por diversos vieses e o esgotam em cerca de uma hora ou um pouco mais.

É, portanto, uma ótima alternativa para ouvir no trânsito ou à espera de uma audiência, por exemplo. Afinal, os podcasts são possibilidade interessante de oferecer acesso a conteúdos de qualidade a qualquer hora do dia.

Neste post enumeramos, portanto, 11 opções de podcasts de Direito disponíveis na internet.



Podcasts de Direito ainda na ativa

1. Salvo Melhor Juízo

Talvez o mais popular dos podcasts de Direito existentes hoje no mercado, o Salvo Melhor Juízo disponibiliza debates que fazem intersecções interessantes do Direito com outras áreas do conhecimento. E ele vai além do óbvio. Promove debate desde temas contemporâneos e de mudanças recentes na legislação, por exemplo, até questões mais profundas. E é aí que entram as conversas sobre filosofia, história e literatura, por exemplo.

À frente do programa estão três profissionais do Direito que costumam levar convidados especialistas nas temáticas que serão discutidas. O resultado é um debate interessante, dentro do formato proposto pelo podcast: uma conversa leve e com linguagem acessível, que tenta, a todo momento, levar o assunto para a prática e para uma realidade próxima do ouvinte. Isso faz com que os ouvintes nem percebam a passagem das quase duas horas de duração do programa, por exemplo.

Os episódios estão disponíveis pelo Soundcloud ou no próprio site. 

2. Tá fazendo Direito?

A proposta do Tá fazendo Direito? é discutir temas que estão em alta no cenário brasileiro e nos jornais. Nos episódios, os apresentadores e os convidados analisam questões políticas e situações do dia a dia, procurando sempre fazer uma relação direta com o Direito. Além disso, eles também debatem os lapsos das questões jurídicas, as possibilidades de interpretação e as falhas da legislação.

A apresentação fica por conta dos advogados José Fernando Simão, professor de Direito Civil da USP, e Caio Bartine, professor e coordenador de Direito Tributário da Faculdade Damásio. O procurador do Estado de São Paulo, André Figaro, também participa do programa.

Os episódios estão disponíveis no próprio site oficial do podcast.

3. Páginas de Direito

O Páginas de Direito está dividido em quatro séries. Duas ainda estão na ativa: as que discutem o Novo CPC e as que abordam temas de Jurisdição e Processos. Outras duas, apesar de bem completas, já encerraram. História do Processo Judicial, por exemplo, tem 69 episódios. Já Processos Coletivos reúne outros 24 podcasts.

A apresentação é feita pelo desembargador aposentado José Maria Tesheiner, que foi professor de processo civil da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) por 30 anos. Ele também tem a companhia da advogada Mariângela Milhoranza, pós-doutora e professora de processo civil.

Os podcast são curtos e variam de três a 15 minutos, por exemplo. Os episódios estão disponíveis gratuitamente no site do Páginas de Direito.

4. Direito ao Ponto

O Direito ao Ponto é um dos mais novos podcasts de Direito do país e um dos únicos que é atualizado diariamente. O formato é interessante: em episódios curtos, de até dez minutos, são apresentados e discutidos o que aconteceu de mais relevante no Direito e na política naquele dia.

A produção e a apresentação é dos alunos e ex-alunos da Faculdade de Direito de Ribeirão Preto. Os episódios estão disponíveis no site do programa e também em plataformas de streming, como, por exemplo, Spotity, iTunes e Google Podcasts.

5. Justificando

Faz pouco que o Justificando, site jurídico e de notícias sobre a política nacional, passou a se aventurar também pelo mundo dos podscats de Direito. Na mesma linha do site, os programas também debatem sobre temas políticos do momento e também aqueles relacionados à Justiça. A ideia é fazer uma leitura interessante do mundo contemporâneo, sempre voltada a um viés progressista.

Com o uso de uma linguagem acessível, a ideia é atingir os operadores do Direito, mas também o público leigo. Os podcasts estão disponíveis no próprio site do Justificando e também pode ser acessados por meio de plataformas de streaming, como Spotity e Soundcloud, por exemplo.

6. Mamilos

Embora não seja mais um dos podcasts de Direito, o Mamilos trata de temas alternativos que também interessam aos operadores do Direito e se relacionam com a área. É o caso dos episódios que tratou sobre direitos humanos, o controle de armas, as reformas trabalhista e previdenciária e o sistema prisional, por exemplo, que trazem pontos de vista diferentes capazes de agregar – e muito! – o conhecimento jurídico.

O foco dos programas é o debate de questões atuais e temas polêmicos que estão pautando a internet e as manchetes dos jornais.

Os episódios estão disponíveis em progras de streaming, como Soundcloud e no Spotify, por exemplo.

podcasts de direito

Podcasts de Direito já encerrados ou não atualizados

7. Amo Direito

Apesar de estar desatualizado, o podcast de Direito do canal Amo Direito é, basicamente, uma representação em áudio de tudo o que já é disponibilizado pelo próprio site: notícias e dicas relacionadas ao Direito e à formação do profissional. Um exemplo disso são as dicas para o Exame de Ordem e concursos e alguns conteúdos de motivação. Mas além disso, alguns episódios também discutem temas técnicos, como sociedade limitada, execução trabalhista e partilha de bens na sucessão, por exemplo.

A apresentação ficava por conta de professores universitários de diversas áreas. Por conta disso, o formato do programa era marcado pelo humor, pela leveza e pelos programas mais curtos – geralmente entre 20 minutos e uma hora. Além disso, o podcast era transmitido ao vivo, o que permitida a participação dos ouvintes e o esclarecimento imediato das dúvidas.

Os episódios estão disponíveis no Soundcloud ou no site do Amo Direito.

8. Direito ADM

O podcast Direito ADM é destinado para aqueles que gostam do Direito Administrativo, como o próprio nome antecipa. Em episódios curtinhos, que duram de três a 15 minutos, a professora Irene Nohara dá uma aula sobre pequenos tópicos desse ramo do Direito: Regime Diferenciado de Contratação (RDC), teoria do fato do príncipe e teoria da imprevisão, por xemplo.

O programa nasceu de forma curiosa. Irene, que é professora de Fundamentos de Direito Público na Universidade Mackenzie, precisava de uma alternativa para disponibilizar aos alunos os conteúdos que ensinava em sala de aula. Afinal, muitos deles não tinham tempo para ler os resumos e estudar os materiais de apoio escrito que ela passava em aula. Então, ela foi em busca de um formato diferente para que eles pudessem ouvir no trânsito ou a caminho do trabalho e da faculdade, por exemplo. A ideia de criar um podcast, portanto, caiu como uma luva para essa necessidade. E ganhou o país.

Assim, o fato do podcast ser apresentado por uma professora torna o programa extremamente didático e de fácil compreensão. Além disso, ao longo dos áudios, Irene também costuma abordar questões de concurso público, disponibilizando as respostas em seu site.

Os podcasts podem ser ouvidos e baixados através do site Direito ADM ou do SoundCloud.

9. Direito Criativo

Embora já encerrado e com poucos episódios, o Direito Criativo discute questões técnicas do Direito a partir de uma visão cultural e do entretenimento. E isso acontece especialmente com a música, tornando-se seu grande diferencial em relação aos outros. E o motivo de atrair boa parte dos ouvintes.

Os apresentadores chegaram a analisar, por exemplo, a relação da reintegração de posse com Queen e Ozzy Osbourne e a Inovação no Direito com David Bowie e Seu Jorge.

Ficou curioso? Os episódios estão disponíveis para ouvir ou baixar no próprio site.

10. Fala Doutor

Também já encerrado, o podcast Fala Doutor reúne 33 episódios. O público-alvo costumava ser, especialmente, advogados em início de carreira e profissionais em preparação para concursos públicos. Assim, em drops curtos, de até dez minutos, o advogado e professor Renato Porto dá dicas de estudo e de aprimoramento da rotina e comenta mudanças de legislação e decisões jurisprudenciais, especialmente as do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Os episódios estão disponíveis no iTunes e no site oficial.

11. Lex Cast

O Lex Cast é outro dos podcasts de Direito que não está mais recebendo atualizações. No entanto, é uma boa opção para ficar por dentro das novidades do Direito de uma maneira fácil e acessível.

A produção do Lex Cast, na verdade, era voltada exclusivamente para o público leigo. A ideia, portanto, era ajudá-lo a entender as questões jurídicas do que acontece no mundo. Ao mesmo tempo, no entanto, se tornou uma excelente opção também para quem trabalha na área.

Portanto, nada de termos jurídicos ou conceitos técnicos. A ideia do Lex Cast é justamente explicar tudo isso com didática e simplificar o juridiquês. 

Os episódios estão disponíveis no site do Lex Cast.

Quer ficar por dentro das novidades em Direito? Faça abaixo seu cadastro e receba os materiais exclusivos do SAJ ADV diretamente em seu email.

4 Comentários

  1. Avatar

    Nossa, muito boa essa lista. Ouço todos os dias o Direito ao Ponto e me ajuda a me manter informada

    Responder
  2. Avatar

    Faltou aí o Juriscast que também é sensacional 😉

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *