Quanto ganha um advogado nas principais áreas do Direito

Tempo de leitura: 9 minutos

Remuneração média dos advogados por áreas do Direito

Entrar no mercado de trabalho é difícil para todos. Contudo, parece ser ainda mais difícil quando se trata de um mercado com mais de 1 milhão de profissionais. Conforme a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), até o dia 20 de março de 2019, constavam 1.127.773 advogados inscritos nos quadros da instituição. Diante desse cenário, portanto, diferenciar-se é essencial. Contudo, por onde começar a busca de em qual área do Direito seguir? Para isto, é importante analisar não apenas gostos e objetivos pessoais, mas também tendências, demandas e, claro, quanto ganha um advogado em cada uma dessas áreas.

Identificar as respostas a essas perguntas não é, necessariamente, um determinante para a escolha. No entanto, pode ser um fator essencial a depender dos objetivos individuais dos profissionais que querem se inserir, retornar ou realocar no mercado jurídico.

Tendências do Direito

Antes de observar quanto ganha um advogado em cada área do Direito, entretanto, é interessante desenhar um cenário prévio. Isto porque o contexto impacta nos valores percebidos. Quando uma área está em alta, profissionais qualificados, dessa maneira, são mais valorizados.

quanto ganha um advogado

Para entender as tendências do mercado jurídico, contudo, é necessário compreender, antes, os contextos sociais. Afinal, o ordenamento jurídico regula relações sociais. Assim, é preciso se perguntar: o que está acontecendo na sociedade?

Mercado Jurídico e impactos no quanto ganha um advogado

Generalizar é difícil na área do Direito. Afinal, como observado, os valores podem variar bastante entre as áreas e profissões exercidas. Não apenas existe uma diferenciação nos honorários advocatícios previstos nas tabelas da OAB. Há também impactos da busca por uma determinada área.



E se a busca por uma área é grande, existe, de um lado, a probabilidade de que essa área seja mais valorizada monetariamente. De outro, todavia, existe o fato de que mais busca pode equivaler a mais clientes. E havendo mais clientes, então, pode haver maior remuneração do advogado, pela quantidade de casos com que trabalha.

A área do Direito Digital, por exemplo, tem cada vez mais conquistado o cenário jurídico. Isto porque o Direito anda, cada vez mais alinhado com a tecnologia. No entanto, dessa relação decorrem outras que nem sempre conseguem ser reguladas pelas normas já vigentes. Assim, o Direito como se conhece também demanda reatualização. E nesse campo, é importante, desse modo, mencionar a publicação Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). Embora entre em vigor apenas em 2020, a lei já enseja modificações no tratamentos dos dados pessoais.

Quanto ganha um advogado nas diferentes áreas do Direito?

Calcular quanto ganha um advogado depende de uma série de fatores. Contudo, a renda mensal varia, em média, de R$ 3.000,00 a R$ 10.000,00. Na posição sênior, então, a renda anual pode ultrapassar R$ 500.000,00, considerando os honorários advocatícios recebidos ao longo do período.

De acordo com a Revista Exame, em 2018, estas foram as médias salariais de 2018:

CMédia salaria anual em reais
SócioMais de 240 mil reais
Especialista220 mil – 410 mil reais
Associado sênior130 mil – 340 mil reais
Associado pleno85 mil – 145 mil reais
Associado júnior70 mil – 115 mil reais

Enfim, entre as várias tendências do mercado jurídico, suas correlações sociais e o quanto ganha um advogado, é possível mencionar, portanto:

1. Direito Previdenciário

A área do Direito Previdenciário, sobretudo com um projeto de Reforma da Previdência (ou de “Nova Previdência”), esta é uma área que deve ganhar destaque nos próximos anos. Ao mesmo tempo em que as demandas para julgamento antecipado aumentam, aumenta a necessidade de profissionais com conhecimento atualizado, capazes de orientar adequadamente e de compreender as novas medias cabíveis. Dessa maneira, o quanto ganha um advogado previdenciário deve ser também impactado.

2. Direito Trabalhista

Desde 2017 a área do Direito do Trabalho encontra-se em alta. Afinal, em 2018 completou 1 ano de Reforma Trabalhista. Desse modo, os profissionais da área precisaram se readequar às modificações legislativas. E mais mudanças, contudo, devem vir. Em 2019, com a extinção do Ministério do Trabalho, mais uma vez os advogados precisaram se reatualizar quanto à forma de regulação das relações trabalhistas.

Quanto ganha, então, um advogado trabalhista?

Conforme pesquisa realizada pela Exame, um advogado consultivo trabalhista pode ganhar até R$ 16.000,00 por mês no cargo sênior em grandes empresas.

Empresa pequenaEmpresa médiaEmpresa grande
Advogado sênior7,7 mil a 12 mil reais8 mil a 13,5 mil reais9 mil a 16 mil reais
Advogado pleno4,5 mil a 7,2 mil reais5 mil a 8,7 mil reais6,5 mil a 11 mil reais
Advogado júnior3,2 mil a 4,5 mil reais3,7 mil a 6 mil reais3,3 mil a 6,7 mil reais

Já um advogado trabalhista contencioso:


Empresa pequena

Empresa média

Empresa grande
Advogado sênior4,7 mil a 10,5 mil reais7 mil a 11,5 mil reais6,5 mil a 13 mil reais
Advogado pleno3,5 mil a 5 mil reais3,6 mil a 6 mil reais4,7 mil a 8,5 mil reais
Advogado júnior2,7 mil a 4,2 mil reais3,2 mil reais a 4,7 mil reais3,2 mil reais a 4,7 mil reais

3. Compliance

Compliance é um tema que ganhou destaque nos últimos anos, sobretudo com as discussões no campo do Direito Administrativo. E conforme novas teses e análises surgem, mais o tema se fortalece. A responsabilidade dos agentes e empregados, portanto, tem tudo para continuar como tendência no mercado jurídico.

Mas quanto ganha um advogado que trabalha com compliance?

Salário em empresa médiaSalário empresa grande
Advogado sênior7 mil – 16 mil reais7,5 mil – 17 mil reais
Advogado pleno5 mil – 11 mil reais6 mil – 12 mil reais
Advogado júnior4 mil – 6,5 mil reais4,5 mil – 7 mil reais

4. Direito Civil

Dentro da área de Direito Civil, existem várias especialidades. Uma das que mais existe demanda é a do Direito de Família, por exemplo. Em média, contudo, quanto ganha um advogado de contencioso civil:


Empresa pequena

Empresa média

Empresa grande
Advogado sênior8,5 mil a 12 mil reais9 mil a 14,5 mil reais9 mil a 16,5 mil reais
Advogado pleno5,5 mil a 8,3 mil reais5,5 mil a 9,2 mil reais6,3 mil a 13,2 mil reais
Advogado júnior3,3 mil a 4,7 mil reais3,4 mil a 5,8 mil reais3,5 mil a 7,3 mil reais

Dentro da área civil, ainda, tem se destacado a área de arbitragem. Privilegiada no Novo CPC, assim como a mediação e a conciliação, é uma forma de resolução alternativa de conflitos bastante benéfica sobretudo em lides envolvendo grandes empresas. Sobretudo por envolver, em geral, valores alto, pode ser uma boa opção para quem gosta do tema. Os árbitros, por exemplo, recebem em média de 200 mil a 500 mil reais.

5. Direito Penal

Apesar de ser uma área típica do Direito, o Direito Penal também promete ganhar destaque nos próximos anos. Afinal não se pode ignorar o PL 236/2012  e as recentes propostas de mudanças no Código Penal do Projeto de Lei Anticrime.

Em média, o quanto ganha um advogado criminalista gira em torno de R$ 4 mil.

6. Direito Empresarial

O Direito Empresarial envolve um vasto conhecimento das relações negociais. Mas também pressupõe uma atuação em conjunto com o Direito Fiscal. Dessa forma, quanto ganha um advogado empresarial, segundo a Exame:


Empresa pequena

Empresa média

Empresa grande
Advogado sênior8 mil a 13,5 mil reais10,2 mil a 19 mil reais12,2 mil a 22 mil reais
Advogado pleno5,5 mil a 8 mil reais6,5 mil a 10 mil reais6,5 mil a 12 mil reais
Advogado júnior3,7 mil a 6 mil reais4,5 mil a 6,3 mil reais4 mil a 7,2 mil reais

Para aqueles que optarem por atuar não em escritórios especializado em Direito Empresarial, mas em empresas, conforme a Revista Exame, a média de percepção anual em 2018 foi de:


Média salaria anual em reais
Vice-presidente jurídico/Diretor jurídico regionalMais de 530 mil reais
Gerente jurídico sêniorMais de 345 mil reais
Gerente jurídico180 mil – 520 mil reais
Advogado sênior95 mil – 205 mil reais
Advogado pleno85 mil – 140 mil reais
Advogado júnior70 mil – 95 mil reais

7. Direito Tributário

O Direito Tributário sempre possui grande procura no Direito brasileiro, seja no contencioso ou no consultivo. Assim, quanto ganha um advogado tributarista:


Empresa pequena

Empresa média

Empresa grande
Advogado sênior8,4 mil a 16 mil reais11.050 a 20,5 mil reais12,1 mil a 20,5 mil reais
Advogado pleno6 mil a 9 mil reais6 mil a 12 mil reais6 mil a 14,5 mil reais
Advogado júnior4 mil a 5,5 mil reais4 mil a 7,5 mil reais4 mil a 7,5 mil reais

Quanto ganha um advogado em outras oportunidades

Além das áreas analisadas, no entanto, existem também outras oportunidades. É o caso dos advogados correspondentes, por exemplo. Com a superveniência dos escritórios digitais, por exemplo, veio a necessidade de diversificar as formas de relação entre os próprios profissionais. A profissão de advogado correspondente, então, não surge como uma tendência de área do Direito específica, por óbvio. Mas surge como uma profissão cada vez mais procurada.

Para saber quanto ganha um advogado correspondente, no entanto, é preciso verificar qual a atividade que ele exercerá. Isto porque um advogado correspondente não precisa, necessariamente, fazer todos os procedimentos em um processo. Assim, por exemplo, não precisa atuar em sustentações orais ou produzindo peças. Tudo dependerá, portanto, do contrato firmado entre as partes, dos serviços acordados e da área de atuação.

A área de Direito internacional também tem sido, dessa maneira, uma escolha dos profissionais. Pode gerar, assim, uma renda mensal por volta de 5 mil reais. Por fim, para quem deseja atuar fora do país, é interessante saber que o quanto ganha um advogado em Portugal vari em torno de 2 mil euros. Enquanto isso, nos Estado Unidos, o salário inicial dos advogados pode chegar a mais de 15 mil dólares mensais.

Enfim, a escolha da área de atuação depende não apenas dos valores a serem recebidos, embora essenciais à decisão. Depende, claro, de uma percepção do contexto e de uma adequação, dessa forma, às motivações pessoais.

Fontes

  1. https://exame.abril.com.br/carreira/quanto-ganha-o-advogado-brasileiro-em-8-areas/
  2. https://exame.abril.com.br/carreira/estudo-mostra-salarios-dos-advogados-brasileiros-em-2018/

Quer ficar por dentro das novidades sobre mercado jurídico? Faça abaixo seu cadastro e receba materiais do SAJ ADV em seu e-mail.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *