Redes sociais para escritórios de advocacia: o que é permitido pela OAB?

Tempo de leitura: 3 minutos

A maioria dos advogados demonstra certo receio quando o assunto é marketing jurídico em redes sociais. E não é para menos: com as limitações publicitárias do Código de Ética da OAB, é difícil saber se as ações em canais como Facebook, Instagram e LinkedIn serão bem-vistas ou se existe um risco de infringir as diretrizes da Ordem.

A boa notícia é que as estratégias de marketing em redes sociais não são proibidas na esfera jurídica. Conforme indica o provimento 94/2000 da OAB “É permitida a publicidade informativa do advogado e da sociedade de advogados, contanto que se limite a levar ao conhecimento do público em geral, ou da clientela, em particular, dados objetivos e verdadeiros a respeito dos serviços de advocacia que se propõe a prestar, observadas as normas do Código de Ética e Disciplina.”.

Em outras palavras: o advogado pode investir em estratégias de mídias sociais, desde que as postagens tenham teor exclusivamente informativo, e não comercial. Acompanhe as próximas informações e descubra como isso funciona na prática:

Posts esclarecedores e relevantes

Quando alguém necessita interpor uma ação judicial ou se defender de uma, nem sempre é fácil compreender a dinâmica dos processos advocatícios.

Logo, uma excelente forma de explorar as mídias sociais é postando conteúdos que “traduzem” conceitos de difícil interpretação. Explanar significados de termos jurídicos e aclarar etapas de tramitação pode ser uma estratégia inteligente para se comunicar com o público e aumentar a credibilidade do seu escritório.

redes sociais para advogados

Posts que levam pessoas até o seu site

Talvez você já tenha um site integrado a um blog, onde são postados, periodicamente, artigos e materiais sobre advocacia.  Nesse caso, as redes sociais podem servir de “ponte” para conduzir as pessoas até o seu site.  Para isso, basta criar posts que convidem à leitura de seus conteúdos ou ao download de materiais especiais. Desse modo, é possível aumentar o tráfego do site e enriquecer o relacionamento com potenciais clientes.

Você também deveria ler:  Marketing Jurídico Digital - 3 dicas para novos escritórios de advocacia

Posts que incitam discussões

Outra ação interessante para redes sociais de advogados é a “curadoria”. Trata-se de publicar conteúdos de sites externos como portais de notícias ou do seu próprio blog jurídico, visando manter o seu público atualizado sobre o segmento advocatício.

Artigos sobre leis ou mudanças do Código de Processo Civil são exemplos de conteúdos que podem ser publicados em suas redes sociais para estimular debates e conhecer os “dilemas” judiciais da sociedade.

Posts com frases inspiradoras

Embora o mundo dos processos forenses exija uma série de decisões racionais, os sentimentos dos clientes jamais devem ser ignorados. Por isso, vale a pena demonstrar sua “sensibilidade jurídica” em posts motivacionais, que contenham citações inspiradoras relacionadas à sua área de atuação.

Por exemplo, se a sua especialidade é Direito Familiar, você pode inspirar seus seguidores com frases sobre vínculos maternos, paternos ou fraternos. Dessa forma, seu escritório criará uma conexão emocional com futuros e atuais clientes.

Para colocar em prática as ações sugeridas acima, não se esqueça de buscar o auxílio de uma agência especializada em marketing jurídico como a In Company. Assim, você poderá garantir postagens de alto padrão visual e informacional, e não correrá o risco de infringir as regras da OAB.

A In Company não é uma consultoria tradicional.  Somos uma assessoria de marketing jurídico que Planeja, Implementa e Mantém as ações dos projetos todos os dias no ar, como um departamento de marketing do cliente de forma terceirizada.

Sempre agindo com transparência, honestidade, qualidade e respeito à ética jurídica, a In Company pode auxiliar nos resultados dos advogados e seus escritórios. Entre em contato e descubra como podemos te assessorar!

Quer ficar por dentro das novidades sobre Redes Sociais para Escritórios de Advocacia? Faça seu cadastro e receba os materiais exclusivos do SAJ ADV diretamente em seu email.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *