Como treinar a equipe para usar um software de gestão jurídica?

Tempo de leitura: 4 minutos

A advocacia é uma das profissões mais tradicionais do mercado. Por isso, não é muito difícil encontrar escritórios com anos de atuação e que operam da mesma forma há décadas. Mudar o modus operandi de um escritório de advocacia não é uma tarefa simples. Mesmo as bancas mais novas podem resistir à adaptação, pelo simples fato de já estarem habituadas com rotinas próprias. Porém, modernizar é preciso. E a adoção de um software de gestão jurídica não precisa ser um episódio traumático na vida de nenhum advogado!

O grande segredo para que o processo seja o mais natural e proveitoso possível é a através da aplicação de treinamentos. Os treinamentos fazem com que os advogados aprendam sobre a ferramenta e possam fazer o melhor uso dela no seu dia a dia. Para saber como treinar a sua equipe para usar um software não deixe de conferir!

software de gestão jurídica

1. Faça o treinamento em pequenos grupos

Os treinamentos devem contar com o máximo de aproveitamento pela sua equipe de advogados. Se o seu escritório conta com um grande número de profissionais, uma boa dica é dividir os times para treinamentos com, no máximo, 10 advogados.

Em grupos menores é possível focar mais. Além disso, as pessoas se sentem mais confortáveis em questionar e participar, fazendo que o treinamento seja mais produtivo.



2. Use o horário do expediente e seja conciso

Outra dica importante é fazer com que os treinamentos tenham uma curta duração. O ideal é ter, no máximo, uma hora. Lembre-se que a rotina dos escritórios de advocacia já costuma ser cheia de atividades e o tempo é um recurso escasso. Assim, o ideal é incluir o treinamento em pequenas doses para que todos possam aproveitar sem prejudicar o andamento das demais tarefas.

Por fim, nada de fazer o treinamento fora do horário de expediente. Além de ser desmotivador, isso pode prejudicar o rendimento e o aproveitamento. Avalie com os advogados o melhor horário, ofereça opções, mas não faça com que o treinamento vá além da jornada habitual do escritório.

3. Divida o treinamento de acordo com as funcionalidades

Uma boa dica para fazer com que os treinamentos sejam curtos e, ao mesmo tempo, úteis é dividi-lo de acordo com as funcionalidades do software de gestão jurídica. Fracionando a informação, ela fica mais fácil de ser absorvida pelos advogados. Isso faz com que o treinamento fique mais leve e interessante.

4. Software de gestão jurídica: envolta todos no treinamento

Não são apenas os advogados que utilizam um software de gestão jurídica. Por isso, a equipe do financeiro e do administrativo não devem ficar de fora do treinamento. Mesmo que eles não aproveitem todas as funcionalidades é fundamental que eles entendam o funcionamento da ferramenta como um todo.

Para fazer com que todos tenham um melhor aproveitamento do treinamento, também é recomendado dividir e focar o conhecimento de acordo com os diferentes perfis de funcionários. Isso fará com que eles dominem a ferramenta, sem prejuízo do conhecimento completo das funcionalidades que mais impactam o seu dia a dia.

5. Peça feedbacks, monitore o progresso e mostre as recompensas

Mudar hábitos nunca é fácil. Por isso, nem sempre a integração de um  software para advogados na rotina de um escritório é um processo simples. Além de ter a certeza de que seus advogados e funcionários dominam a ferramenta, vale a pena estimulá-los a utilizar esse recurso.

Para isso, peça feedbacks, tire dúvidas e monitore o progresso.

É fundamental que todos os funcionários tenham clareza do porquê da adoção de um  software de gestão jurídica e sintam os benefícios no seu dia a dia. Caso isso não esteja ocorrendo, é preciso checar a razão.

Por fim, vale destacar que algumas ferramentas contam com mais usabilidade, permitindo que as funcionalidades sejam aprendidas quase que de forma intuitiva. Esses softwares jurídicos, em geral, contam com uma adaptação mais fácil e um processo mais positivo.

No atual cenário da advocacia é praticamente impossível abrir mão de um software de gestão jurídica. Além de garantir maior organização e otimizar a rotina do escritório, ele pode melhorar a percepção do cliente com relação aos seus serviços jurídicos. Assim, vale a pena incentivar o uso da ferramenta para poder experimentar seus benefícios.

Quer ficar por dentro das novidades sobre gestão de escritório de advocacia? Faça seu cadastro e receba os materiais exclusivos do SAJ ADV diretamente em seu e-mail.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *