Software Jurídico – O que pode mudar na rotina do advogado?

6 benefícios na rotina com um software jurídico

A tecnologia promoveu uma verdadeira revolução na rotina do advogado. Das atividades administrativas à própria gestão de processos, hoje o advogado conta com uma série de recursos que possibilitam automatizar atividades e, consequentemente, ter mais produtividade, como um software jurídico.

O mercado jurídico está cada dia mais competitivo. E eficiência, assim, tornou-se uma palavra de ordem para o dia-a-dia dos advogados. Sem as ferramentas adequadas, contudo, é praticamente impossível garantir uma rotina produtiva e uma prestação de serviços jurídicos altamente eficaz.

Um software jurídico, então, é a principal ferramenta responsável por mudanças no dia a dia de profissionais e dos escritórios. Confira, portanto, quais são as mudanças que um software jurídico pode trazer para o cotidiano da advocacia!

software juridico

1. Ganho de tempo em atividades repetitivas automatizada pelo software jurídico

Durante muito tempo, boa parte da rotina dos escritórios de advocacia era consumida por atividades de suporte. Tarefas repetitivas como recorte de publicações, elaboração de relatórios para o cliente e acompanhamento do andamento de processos tomavam boa parte da agenda do advogado. E desse modo, quase não sobrava tempo para a produção jurídica propriamente dita ou para as estratégias de crescimento do escritório.

Por exemplo, como escrever um post para um blog jurídico e consolidar seu nome no mercado jurídico quando o tempo todo é gasto na gestão do escritório de advocacia? Ou como produzir uma teses robusta, quando a maior parte do dia é gasto na busca pelas intimações?

Com um software jurídico, no entanto, isso muda completamente. Como essa ferramenta permite a automatização de publicações e até a elaboração de relatórios, o advogado consegue otimizar sua agenda. Assim, sobra mais tempo para focar no core business da banca.



2. Prazos perdidos? Nunca mais!

O controle de prazos feito de forma manual abria imensa margem para erros. No entanto, perder um prazo de um processo é algo grave que pode trazer danos irreversíveis para o cliente e também para a imagem do escritório. A advogada Schéroon Medeiros, por exemplo, se preocupava tanto com isso, que mantinha mais de um programa de captura de intimações antes de implementar um software jurídico em que confiasse plenamente.

Com a chegada do software jurídico ao mercado, portanto, a forma de se fazer o controle de prazos mudou completamente. Alguns softwares jurídicos possuem um sistema de notificações automático. Em outras palavras, o advogado é avisado diretamente sobre a mudança no status de seus processos. Além disso, o sistema conta com notificações periódicas. Evita-se, assim, que o profissional se esqueça das suas tarefas relacionadas ao andamento processual.

3. Melhora na gestão de documentos

Documentos são essenciais no dia a dia de qualquer escritório de advocacia. São cópias de documentos dos clientes, contratos de honorários, sem falar nos documentos de cunho administrativo do escritório. A perda, o extravio ou mesmo a dificuldade no acesso a esses documentos, todavia, podem gerar problemas. Os prejuízos, assim, vão desde a perda de um cliente até o desperdício de tempo. Uma boa gestão de documentos, portanto, é essencial para que o escritório se torne eficiente e os advogados possam atuar com uma boa produtividade. E um software jurídico pode auxiliar nessa questão.

Antes dos softwares jurídicos, a gestão de documentos era feita praticamente de forma manual. Ou seja, através de pastas e arquivos, físicos e digitais. Assim, não era incomum ver escritórios de advocacia cujo espaço era tomado por grandes arquivos para armazenamento de documentos ou drives para armazenar os documentos digitais, sob o risco de perder elementos importantes.

Com os softwares jurídicos é possível armazenar documentos na nuvem. Assim, a localização e a acessibilidade tornam-se mais eficientes. Além disso, esse tipo de ferramenta possibilita a visualização simultânea de documentos, permitindo que advogados diferentes que estão atuando no mesmo caso possam trabalhar de forma muito mais eficaz.

Mais eficiência na comunicação com o cliente

Manter um cliente bem informado sobre o seu caso é a base de um bom relacionamento. Por isso, todo advogado deve se dedicar a esta atividade, adotando uma postura proativa, especialmente com relação ao contato.

No entanto, todo advogado sabe que esse tipo de atividade toma tempo e muitas vezes existem outras atividades prioritárias na agenda do profissional. Logo, automatizar alguns aspectos da comunicação trazer mais eficiência para essa atividade, sem que o cliente se sinta menos atendido.

Graças ao software jurídico é possível se comunicar com os clientes de forma muito mais eficiente. Além de enviar relatórios e andamentos periódicos, os softwares possibilitam que o cliente seja comunicado sempre que algo for alterado no status do seu processo.

Trabalhe de qualquer lugar

Segundo algumas pesquisas, até 2020 cerca de 90% das empresas deve oferecer alguma alternativa de trabalho à distância. A experiência de incluir o home office na rotina de trabalho vem trazendo excelentes resultados, especialmente em termos de produtividade. Evitando deslocamentos, os funcionários podem aproveitar melhor o tempo e entregar mais resultados às empresas.

Nos escritórios de advocacia essa realidade também é possível graças à utilização de um software jurídico. Como muitos possibilitam o acesso remoto é possível gerenciar o escritório e suas atividades à distância, sem que isso comprometa a entrega e a qualidade dos serviços jurídicos ao cliente.

Adotar políticas de home office para a equipe também pode ser um fator motivacional que trará ótimos resultados à banca.

Software jurídico e gestão financeira sem mistérios

A maioria dos advogados chega ao mercado sem nenhuma experiência em administração e gestão de escritórios. Dentro da coordenação das inúmeras atividades, a gestão financeira costuma ser um entrave para a maioria dos profissionais.

Se antes a gestão financeira era feita através de diversas planilhas que dificultavam os cálculos e os controles, com um software jurídico é possível automatizar uma série de informações facilitando a cobrança de honorários, pagamento de colaboradores e o fluxo de caixa da banca.

Essas são apenas algumas das funcionalidades que podem transformar o dia a dia do advogado. Empresas mais avançadas de um software jurídico e que estão antenadas com o mercado, vêm criando mais e mais funcionalidades inovadoras, baseadas nas necessidades do advogado.

Quer ficar por dentro das novidades sobre gestão de escritório de advocacia? Faça seu cadastro e receba os materiais exclusivos do SAJ ADV diretamente em seu e-mail.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *