[eBook Gratuito] Modernização na gestão de escritório de advocacia

Tempo de leitura: 7 minutos

A tecnologia mudou a forma como a gestão de escritório de advocacia funciona. As peças que eram produzidas nas máquinas de escrever e protocoladas com carimbos e anotações em cadernos, primeiro perderam espaço para os computadores e, hoje, têm sido gerenciadas com o auxílio de um software jurídico. A modernização começou quando a Emenda Constitucional 45 alterou o art. 5º da Constituição Federal e assegurou a transição do processo tramitado de forma física para o processo eletrônico. Outro destaque é a lei 11.419, que permitiu a digitalização dos processos, eliminou o uso de papel, possibilitou o envio de petições e recursos através da internet, aumentando assim a celeridade do Judiciário e economizando com a aquisição de materiais de escritório.

Além das mudanças causadas pela informatização do Judiciário, os escritórios de advocacia também estão ganhando uma roupagem de empresa e dividindo o negócio em vários setores, como gestão financeira, intimações e processos. Assim, o gestor pode delegar tarefas para outros colaboradores e ter mais tempo para se dedicar ao desenvolvimento estratégico e aquisição de novos clientes.

Dessa forma, o novo eBook do SAJ ADV traz o passo a passo completo para o gestor que pretende dar o pontapé inicial na informatização de seu escritório: desde dicas para gerenciar melhor as informações, passando pelo contrato de um software jurídico e, até, a implementação do processo de gestão eletrônica. Interessou? Então, clique aqui e faça download do eBook “Passo a passo completo para a informatização do seu escritório de advocacia”.  

O que eu encontro no eBook “Como modernizar a gestão do seu escritório de advocacia”?

O eBook “Passo a passo completo para a informatização do seu escritório de advocacia” está dividido da seguinte forma:

  • Escritórios de advocacia e a gestão de informações
  • 5 vantagens de escritórios que utilizam processos informatizados
  • Como começar
  • Trabalhando com um software jurídico
  • Implementando processos de gestão eletrônica
  • Como a Castanheira Consultores Associados implantou um software jurídico

gestão de escritório de advocacia

Como eu faço para receber o eBook “Como modernizar a gestão do seu escritório de advocacia”

Nosso ebook está disponível gratuitamente para download. Para receber o conteúdo é necessário clicar na imagem acima ou neste link.

Boa leitura!

Ainda em dúvida? Separamos um pequeno trecho do material para você melhorar a gestão de escritório de advocacia:

Introdução

A tecnologia modificou a forma com que as pessoas se relacionam, a maneira com que consomem novos produtos e a rotina de trabalho, seja em indústrias, escritórios ou hospitais. As fábricas estão cada dia mais automatizadas com sua produção em série; os escritórios, que já haviam inserido computadores e internet no seu dia a dia, passaram a investir em softwares de gestão que facilitam ainda mais o gerenciamento financeiro, de recursos humanos e o relacionamento com cliente. Já a medicina moderna tem facilitado os diagnósticos e oferecido mais chances de cura devido ao avanço da tecnologia.

Neste material, você acompanhará a evolução da tecnologia nos escritórios de advocacia, desde a história do processo eletrônico, passando pelas mudanças no novo CPC e, até, a utilização de softwares jurídicos para auxiliar na gestão financeira, processos e intimações do escritório de advocacia. Além disso, o eBook ainda oferece um guia para ajudar na escolha e organização da rotina do gestor que pretende investir em um software jurídico. Por onde começar? Quais as vantagens em contratar uma solução? Quanto da minha rotina de trabalho é otimizada? Encontre essas e outras respostas nas próximas páginas. Boa leitura!

Escritórios de advocacia e a gestão de informações

“Em alguns anos vão existir apenas dois tipos de empresas: “As que fazem negócios pela internet e as que estão fora dos negócios”. A frase é de Bill Gates e já foi replicada tantas vezes na rede que nem conseguimos afirmar onde o fundador da Microsoft proferiu uma assertiva tão profética. No entanto, trazendo para realidade do mercado jurídico, em menos de três décadas as peças pararam de ser produzidas nas máquinas de escrever, os processos não necessitam ser protocolados de forma física e tampouco as intimações são entregues pessoalmente. Essa rotina foi alterada ao longo dos anos, de forma que os escritórios de advocacia não precisam mais de gaveteiros com pastas suspensas e abarrotadas de processos em papel.

A principal causa das mudanças ocorridas na rotina dos escritórios de advocacia está relacionada com a evolução do judiciário e do processo eletrônico. A Emenda Constitucional 45 alterou o artigo 5º da Constituição Federal e garantiu a reforma do judiciário que destacou a transição do processo físico em papel para o processo eletrônico. Os principais objetivos são garantir a celeridade do judiciário, ampliar o acesso à justiça e também economizar na compra de materiais de escritório, além de colaborar com a preservação do meio ambiente. Outro destaque na história do processo eletrônico é a lei 11.419, que admitiu a digitalização dos processos físicos, eliminou o uso do papel e permitiu que o envio de petições, recursos e a prática dos atos processuais fossem feitas através da internet, desde que neles constassem uma assinatura eletrônica.

O Novo CPC também trouxe mudanças relacionadas aos processos eletrônicos. Desde março de 2016, os atos processuais são permitidos por videoconferência em tempo real, as intimações por meio eletrônico estão previstas em várias situações e também o peticionamento em papel voltou a ser admitido nos casos em que o Poder Judiciário não disponibiliza gratuitamente os recursos necessários para a prática dos atos.

Além das mudanças relacionadas à informatização do judiciário, os escritórios de advocacia também estão modificando a imagem daquele lugar tradicional, com um único gestor que centraliza todas as funções. O escritório moderno ganhou uma roupagem de empresa e dividiu o negócio em vários setores, como o financeiro, o administrativo, o de gerenciamento de processos e comunicação, e também vem investindo em estratégias competitivas e marketing jurídico para se tornar referência e superar os desafios da profissão.

Os advogados que trabalham nesses escritórios têm um perfil mais futurista e estão atentos às inovações tecnológicas do mercado jurídico. Eles leem as intimações e publicações em diários de justiça eletrônicos, utilizam computadores e softwares jurídicos que conseguem reunir em uma única plataforma a gestão financeira, de processos, de atividades e ainda permitem manter um bom relacionamento com a carteira de clientes. Algumas dessas soluções estão inclusive integradas a um dos 44 sistemas dos tribunais de justiça.

E não é apenas o mundo jurídico que tem investido em softwares para melhorar a gestão dos negócios, mas também os consultórios médicos que contratam soluções que integram as agendas dos profissionais, marcam consultas, disponibilizam prontuários eletrônicos e fazem a gestão financeira e administrativa; as Pequenos e Médias Empresas também estão apostando nos softwares de ERP (Planejamento de Recursos Empresariais) e CRM (Relacionamento com o Cliente), enquanto o primeiro ajuda a empresa a planejar a quantidade de matéria prima e pessoal para determinada atividade, o segundo armazena o relacionamento do cliente com a empresa, como por exemplo, os dados de compras, quando o cliente fez o último contato, etc.

Quer ficar por dentro das novidades sobre gestão de escritório de advocacia? Faça seu cadastro e receba os materiais exclusivos do SAJ ADV diretamente em seu e-mail.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *