Como convencer os sócios a apostar em tecnologia jurídica?

Tempo de leitura: 5 minutos

Nos últimos anos tanto o mercado jurídico quanto a rotina dos advogados passaram por grandes transformações. Dos softwares jurídicos ao processo eletrônico, a tecnologia veio mesmo para ficar. E, ao que tudo indica, resistir às mudanças e, principalmente, às novas ferramentas, representa perder competitividade e eficiência.

Embora a tecnologia jurídica promova mais agilidade e praticidade no dia a dia dos escritórios, ainda existem advogados que tem dificuldades na hora de se adaptar a um novo modus operandi. E o que fazer quando esse advogado mais convencional, digamos assim, é justamente o sócio do seu escritório? É possível convencê-lo de que mudar é preciso?

Advogados, de um modo geral, sabem bem como usar a persuasão a seu favor. Mas nem sempre conhecem todos as funcionalidades e benefícios que fazem da tecnologia jurídica um avanço para a banca e todos os sócios. Para ajudar você nessa tarefa, separamos alguns argumentos para convencer os sócios do seu escritório a apostar na tecnologia jurídica. Confira!

tecnologia jurídica

O atendimento não precisa mais sobrecarregar os sócios

A maioria dos escritórios de advocacia centraliza todo o atendimento nos sócios. Porém, na medida em que a cartela aumenta, fica cada vez mais difícil prestar um bom suporte para a clientela. Como a advocacia é uma profissão em que a figura do advogado tem um grande peso, dificilmente um cliente se sente satisfeito quando passa a ser atendido por um outro profissional do time. Não por outra razão, é muito comum observar sócios sobrecarregados com o atendimento e sem tempo para cuidar de outras questões que também são relevantes para o escritório.

Para reverter esse quadro e deixar os sócios mais livres para cuidarem de questões estratégicas da banca, a adoção de algumas ferramentas fazem toda a diferença. Alguns softwares jurídicos, por exemplo, permitem que todos os dados relevantes de um cliente fiquem armazenados no sistema. Com isso, qualquer advogado tem as informações que precisa para prestar um atendimento de qualidade. Obviamente é preciso mudar a cultura do escritório, treinar o time de advogados e educar o cliente. Porém, com a adoção de um software para advogados, esse processo é muito mais simples e rápido.

Gerenciar seu time de advogados é muito mais simples

Um dos segredos dos escritórios de sucesso é contar com um time de advogados altamente engajado. Sócios que estimulam o trabalho em equipe ganham em produtividade e conquistam mais resultados para a banca. Porém, mesmo sabendo que a gestão de pessoas é necessária, muitos sócios esbarram em atividades simples, como por exemplo, delegar tarefas ou monitorar as atividades do seu time.

[Gerenciar um time de advogados pode ser muito mais simples do que se imagina! Confira nossas dicas!]

Com a tecnologia jurídica é possível ter as ferramentas certas para desenvolver um bom trabalho em equipe. Através de um software jurídico, por exemplo, o sócio pode acompanhar todo o trabalho dos advogados envolvidos em uma demanda, além de conseguir delegar tarefas e atividades com apenas alguns cliques.

Alguns softwares mais modernos do mercado contam com funcionalidades que se assemelham a das redes sociais para advogados. Além de facilitar a comunicação entre membros, essa funcionalidade ajuda o sócio a criar uma estrutura  de interação em rede, favorecendo a integração, o engajamento, a entrega e os resultados.

A gestão financeira pode ser descomplicada com a tecnologia jurídica

Advogados, de um modo geral, não são os maiores fãs de planilhas e cálculos. No entanto, quando se assume uma postura de sócio, a gestão financeira não pode ser deixada de lado. Muitos sócios acreditam que a melhor maneira de se fazer uma gestão financeira eficiente é contratando um profissional especializado para isso. No entanto, embora essa não seja uma má estratégia, a supervisão e até alguns conhecimentos são essenciais para que o sócio possa tomar boas decisões com relação ao escritório.

Com a tecnologia jurídica a gestão financeira deixou de ser uma tarefa extremamente complicada para muitos sócios. Isso porque através de um software jurídico, por exemplo, o sócio pode acompanhar seu fluxo de caixa, identificar suas receitas e despesas e até organizar seus investimentos de forma muito mais simples. Mesmo com um profissional capacitado para cuidar exclusivamente da gestão financeira, muitas decisões dependem dos sócios. Logo, é necessário que os sócios tenham conhecimento sobre as questões financeiras e saibam direcionar as atividades de todo o escritório visando sempre os melhores resultados.

A cobrança de serviços jurídicos é organizada e eficiente

A revisão de faturas costuma ser uma das tarefas mais complexas para os sócios. Isso porque, muitas vezes, o sócio não tem todos os elementos para se certificar de que os serviços apontados na fatura, de fato foram realizados para aquele cliente. Com um software jurídico, todas as atividades realizadas são registradas no sistema, fazendo com que a geração da fatura seja automática. Isso impede erros e impasses com clientes, além de tornar o trabalho de cobrança muito mais simples e efetivo.

A tecnologia jurídica chegou para ficar e não é preciso apresentar resistência. Até porque os benefícios de um software jurídico são facilmente mensuráveis. Mais do que apresentar argumentos, vale convencer os demais sócios a dar o primeiro passo. Os resultados são apenas uma consequência.

Quer ficar por dentro das novidades sobre gestão de escritório de advocacia ? Faça seu cadastro e receba os materiais exclusivos do SAJ ADV diretamente em seu e-mail.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *