Como usar o Whatsapp para prospectar clientes na advocacia em 12 dicas

Tempo de leitura: 9 minutos

Nunca antes na história da humanidade, a comunicação foi tão rápida. Em questão de segundos, podemos nos comunicar com qualquer pessoa, em qualquer lugar do mundo, desde que ela tenha conexão à internet. Tudo muito simples e intuitivo. Com isso, as relações e os laços são estreitados e essa praticidade também pode ser utilizada para o mundo dos negócios. Sendo você um profissional consolidado, ou ainda no início da carreira, precisará sempre manter e prospectar clientes na advocacia.

Independente do campo em que atue, é importante que você mantenha um contato próximo com seus clientes e se mantenha presente na mente deles. Afinal, a qualquer momento ele pode precisar de seus serviços. As redes sociais são amplamente utilizadas para manter esse diálogo vivo. Várias estratégias são criadas para o Google, Facebook, Youtube, Instagram, LinkedIn… Ferramentas úteis e indispensáveis no planejamento digital. Mas a grande maioria acaba esquecendo de explorar um aplicativo que também poderá render bons resultados, e que a maioria dos brasileiros utiliza: O Whatsapp.

Sendo prioritariamente um aplicativo de troca de mensagens, o WhatsApp também pode ser uma boa solução dentro da estratégia de marketing jurídico do profissional. Ele tem grande força no Brasil e com a popularização dos Smartphones, ganha novos usuários todos os dias. Também é muito democrático, tendo pessoas de todas as idades. Seu público com certeza, estará lá. E com uma boa estratégia, você poderá conhecê-lo e fechar novos negócios.

Mas, afinal como usar esse aplicativo para a prospecção de clientes na advocacia? Como explorar esse aplicativo, a fim de conseguir bons resultados? Nesse artigo, encontre 12 dicas de como advogados podem usar o WhatsApp para prospectar clientes na advocacia.

1. Respeite o código de ética da OAB para prospectar clientes na advocacia

Lembre-se sempre que um bom profissional deve ser, antes de tudo, ético e respeitar as leis. Não é permitido pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) que se faça a propaganda direta de seus serviços, nem promover o seu trabalho através de nenhuma publicidade. Então não ofereça descontos, não faça promoções, não mande imagens de divulgação de seu escritório ou serviços, mesmo que para pessoas próximas. Apesar de ser uma ferramenta considerada mais informal que as outras, é extremamente necessário que o profissional se destaque pelos meios corretos para prospectar clientes na advocacia.

2. Comece pelo seu círculo de amizades…

Para toda e qualquer ação que você desenvolver dentro do WhatsApp, comece apresentando-a para seu círculo mais próximo: Amigos, família, pessoas que você confia, profissionais parceiros. Eles serão o termômetro que indicará se o que você planejou de fato funcionará, quais são as mudanças a serem realizadas, o que pode ser acrescentado. Não tenha medo de pedir críticas e sugestões. Feedbacks sempre são muito bem-vindos!

3. Depois expanda!

Após o período teste, expanda seus horizontes!

Se você já possuir um mailing de outras redes ou de e-mail, pode utilizá-lo para avisar aos seus clientes e potenciais clientes que você começará a produzir conteúdo para o WhatsApp. Explique brevemente quais temas serão abordados e como você estará presente no aplicativo. Reforce o convite sempre que houver novas pessoas cadastradas no mailing.

Divulgue em suas próprias redes sociais, em seus vídeos no YouTube, divulgue em uma parte bem visível de seu site, faça-se presente!

Peça ajuda do seu “grupo de testes” também. Peça para que eles comentem com pessoas que possam se interessar pelo seu conteúdo e que compartilhem o seu número. Contatos geram contatos, que por sua vez, podem melhorar a forma de prospectar clientes na advocacia!

Se você possui cartão de visitas, certifique-se também que ele sempre esteja com seu número de telefone atualizado.

4. Crie um grupo de discussões ou dicas

O WhatsApp possui a opção de grupos, onde você pode incluir membros via número de telefone ou link. Este segundo é muito útil para prospectar clientes na advocacia, pois as pessoas poderão entrar em seu grupo, mesmo que você não tenha seu número de contato.

Em seu grupo você poderá criar rodas de discussão de assuntos do momento e compartilhar dicas pertinentes e curiosidades sobre a sua área de atuação. Pequenas dúvidas dos membros também podem ser tiradas, desde que não sejam consultas de fato.

5. Use Imagens e áudios (com moderação)

Imagens e áudios são compartilhados com muita facilidade no WhatsApp e, claro, você deve usar isso a seu favor! Prepare imagens para serem compartilhadas com um conteúdo original criado por você. Hoje existem diversos aplicativos para celular e sites gratuitos com modelos prontos e editáveis de forma muito intuitiva, mesmo que você não tenha grande noção de design. Com alguns passos apenas, você consegue montar uma imagem profissional, do tamanho correto para ser compartilhada. Você poderá inclusive adicionar o logo do seu escritório. Se o seu conteúdo for relevante, logo ele alcançará muitas pessoas além do seu mailing inicial.

Áudios também são bem-vindos. Você poderá enviar pequenas sessões, até mesmo em um dia pré-selecionado, respondendo perguntas enviadas, ou explicando um determinado assunto.

Mas lembre-se sempre que, apesar de serem ótimos recursos a seu favor, devem ser usados com moderação. A maioria das pessoas não gosta de ser bombardeada com mídias em seu celular e o que poderia ser um recurso precioso, pode afastar as pessoas.

6. Produza “pílulas” de vídeo

Conteúdos em vídeo são bem aceitos. Você pode aproveitar e colocar vídeos curtos, também conhecidos como “pílulas” para complementar as informações compartilhadas via texto. Capriche na produção: Desenvolva o roteiro a ser falado, tenha boa imagem e áudio e se faça claro e conciso. Bons vídeos têm ainda mais chances de se tornar virais.

Caso tenha um canal, você pode criar trailers dos seus vídeos para compartilhar com seus contatos, juntamente com o link para que eles possam acessar o vídeo completo.

Whatsapp para prospectar clientes na advocacia

7. Use a lista de transmissão a seu favor

Além do grupo, você também pode usar a lista de transmissão para divulgar o seu conteúdo.

A lista de transmissão é um recurso do WhatsApp que permite que você replique uma mesma mensagem para várias pessoas simultaneamente, evitando o trabalho de copiar e colar em cada contato. Ainda sim as mensagens aparecerão em conversas separadas, e quem receber não tem a visualização de quantas pessoas também receberam o mesmo conteúdo, o que passa a ideia de exclusividade.

8. Use o status

O Status é outro recurso muito interessante e amplamente usado pelos usuários dentro do WhatsApp que é semelhante à História do Facebook e o Stories do Instagram. A dinâmica é simples: Compartilha-se uma foto ou um vídeo de até 30 segundos que ficará disponível por 24 horas. Após esse período, ela desaparece (No Instagram é possível deixar os Stories fixados no perfil. No WhatsApp esse recurso ainda não está disponível).

Você também pode compartilhar o Stories do Instagram também no WhatsApp quando postar, atingindo todos os seus públicos ao mesmo tempo, com a mesma mensagem. Mais um ponto para sua prospecção de clientes na advocacia!

9. Seja presente

Ao criar o grupo, ao divulgar seu número e criar seu mailing, mantenha uma constância considerável nas postagens. Responda o que lhe for perguntado, seja solícito, adicione as pessoas e sempre dê boas vindas às pessoas que forem chegando. A primeira impressão geralmente é a que fica, e seus potenciais clientes precisam ver em você uma pessoa em quem confiar.

Prospectar clientes na advocacia é também uma ação de networking.

10. Seja profissional, porém informal

Mantenha sempre o profissionalismo ao falar com seus clientes, independente do canal que utilize para isso. Mas, tenha em mente que o WhatsApp é uma ferramenta extremamente informal, que as pessoas utilizam prioritariamente para conversar sobre assuntos banais do dia-a-dia.

Permita-se interagir também em outros assuntos, criar laços com seus contatos. Você pode (e deve) manter a ordem e ainda sim criar um ambiente em que as pessoas gostem de conversar. Dessa forma, elas estarão ainda mais abertas para o que você tem a oferecer.

11. Se reinvente sempre

A internet e as redes sociais mudam a todo instante. O que era interessante há 6 meses atrás, pode ser obsoleto hoje. Procure tendências, se informe, estude cases de sucesso e pense em como aplicá-los no seu dia-a-dia e na sua comunicação.

Veja sempre as atualizações e os recursos que são lançados. Veja o que está sendo mais comentado no momento, dentro e fora da sua área. Um profissional completo é sempre muito bem informado. E isso vale também para prospectar clientes na advocacia.

12. Não pratique spam

Saiba também aceitar um não. Se algum contato pedir para que não envie mais nenhum conteúdo, respeite. Peça desculpas e se coloque à disposição, mas não insista. Continuar compartilhando informações com ele não o fará mudar de ideia, pelo contrário, construirá uma imagem negativa do profissional que você é, e o marketing digital negativo se espalha mais rapidamente do que o positivo.

Jamais mande materiais também sem a autorização da pessoa. Um mailing sólido é composto de números que realmente se interessam e querem saber mais do seu conteúdo, e vale mais do que milhares de números desconhecidos que não darão retorno nenhum.

Conclusão

O WhatsApp, mais do que uma mera ferramenta de comunicação entre amigos, pode e deve ser utilizada para se criar laços comerciais, desenvolver uma relação e um vínculo a longo prazo, que pode futuramente se transformar em negócios. Pratique essas 12 dicas e as use para prospectar clientes na advocacia com muita efetividade.

Quer ficar por dentro das novidades sobre prospecção de clientes na advocacia? Faça abaixo seu cadastro e receba os materiais do melhor software jurídico em seu e-mail.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *